Criminalidade

Ônibus Congonhas-Cumbica é alvo de arrastão

Passageiros da TAM que seguiam para Guarulhos foram roubados na Rodovia Presidente Dutra nessa terça (16)

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

Cumbica - aeroporto de guarulhos
Arrastão: Passageiros da TAM que seguiam para Cumbica foram roubados em ônibus da TAM (Foto: Mario Rodrigues)

Um ônibus da TAM que transportava passageiros entre o Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, e o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, sofreu um arrastão na tarde desta terça (16).

O grupo entrou no coletivo por volta das 16h, rumo a Guarulhos. Quando o veículo passava pelo quilômetro 225 da Rodovia Presidente Dutra, cerca de uma hora depois, três ocupantes se levantaram e anunciaram o assalto. Segundo as vítimas, os homens estavam armados e vestiam paletó e gravata.

Os criminosos mandaram o motorista parar no acostamento e roubaram celulares, relógios, carteiras e documentos das vítimas. O delegado Osvaldo Nico Gonçalves, diretor do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), afirmou que 31 pessoas, entre passageiros e funcionários da TAM, tiveram os bens levados. As malas, que ficam no compartimento de bagagens, na parte de baixo do ônibus, não foram saqueadas. Ninguém ficou ferido.

Um carro, ainda não identificado, estava esperando pelos assaltantes no local. Os três fugiram. Gonçalves informou que imagens da rodovia serão coletadas e analisadas para tentar identificar os suspeitos e o veículo da fuga.

+ Fogo atinge restaurante na Avenida Paulista

O ônibus seguiu viagem até Cumbica, onde as vítimas do arrastão registraram boletins de ocorrência na Delegacia Especializada no Atendimento ao Turista (Deatur) do aeroporto.

+ Confira as principais notícias da cidade

Recibo

Em nota, a TAM informou que "está colaborando com as autoridades policiais e prestando todo o suporte aos funcionários e clientes que estavam no veículo". O ônibus da empresa aérea faz quarenta viagens por dia entre Congonhas e Cumbica. Para embarcar no veículo é necessário apresentar o recibo da compra da passagem ou o cartão de embarque. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO