Mistérios da Cidade

Aplicativos ajudam na contratação de motoboys

Até o final do mês, pelo menos quatro ferramentas do gênero estarão disponíveis

Por: Silas Colombo - Atualizado em

Trânsito - motoboys_capa 2188
(Foto: Cristiano Mascaro)

Aproveitando a onda dos aplicativos para contratar táxis, alguns desenvolvedores adaptaram a ideia para outro serviço que exige velocidade de atendimento: a contratação de motoboys. Precursor do segmento, o VaiMoto estreou em outubro e tem cerca de 1 000 condutores cadastrados para atender micros, pequenas e médias empresas (ao lado, as características de alguns desses programas). O usuário envia detalhes sobreo trabalho e escolhe o melhor orçamento. Para ser acionado, o motociclista deve possuir um smartphone e estar com os documentos regularizados (carta de habilitação e registro do veículo). Em fase de testes na cidade, o Motomap deve ser lançado neste mês.

Loggi — Mede a distância entre e o local de entrega, calculando o tempo e o custo do serviço

Mottoman — Cobra taxa contrata o serviço (entre15% e 20% do valor da corrida)

VaiMoto — Por entrega, o motoboy paga 1,99 real ao aplicativo por ter sido escolhido

 

+ Maternidades campeãs em partos

+ Reuniões de condomínio só lotam em dias de sorteio de vagas na garagem

+ Guarda Civil Metropolitana abre 2 000 novas vagas

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO