Shows

Amy Winehouse é o grande nome do Summer Soul Festival

Encrenqueira e talentosa, intérprete e compositora inglesa vem ao país pela primeira vez

Por: Pedro Ivo Dubra

Amy Winehouse - 2199
Doidona e genial: se tudo der certo, ela sobe ao palco da Arena Anhembi (Foto: Divulgação)

A intérprete e compositora inglesa Amy Winehouse é mais ou menos como o seu colega brasileiro de soul Tim Maia (1942-1998): doidona e genial. Tim costumava não comparecer a muitos de seus próprios shows. Eis tudo o que um fã da voz de "Rehab" e "You Know I’m No Good" anda rezando para não acontecer no sábado (15), quando a Arena Anhembi recebe o Summer Soul Festival, evento dedicado ao estilo que tem em Amy sua principal atração.

Encrenqueira e talentosa, ela vem ao país pela primeira vez e passa por quatro cidades, sendo São Paulo a última. Conscientes das instabilidades da moça, envolvendo bebida, drogas e barracos, os contratantes impuseram pesadas multas para o caso de ela desistir de aparecer no palco. Mesmo com a estrela de 27 anos diante da plateia, é torcer para Amy estar sóbria e de bom humor. Se assim for, promete-se uma grande performance. Intensa e carismática, essa filha de um taxista e uma farmacêutica se firmou entre as maiores artistas da década recém-encerrada ao reler o soul dos anos 60. Dado o acidentado histórico, sua discografia resume-se a dois álbuns, ambos impecáveis: Frank (2003) e Back to Black (2006). Há a promessa de um novo trabalho para 2011.

Antes de Amy Winehouse, cuja entrada em cena ao lado de sete instrumentistas e dois vocalistas está programada para as 23h15, apresentam-se a cover Miranda Kassin, às 18h, o grupo Instituto, às 19h, o americano Mayer Hawthorne, às 20h15, e sua conterrânea, a revelação Janelle Monáe, às 21h45. Que tudo corra bem.

Fonte: VEJA SÃO PAULO