TRANSPORTE

Objetos encontrados nas estações da CPTM não eram bombas

Artefatos estavam nos terminais Guaianases, Brás e Corinthians-Itaquera da CPTM

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Estação guaianazes
Estação Guaianazes: linha 11 - Coral da CPTM está fechada na manhã desta sexta (11) (Foto: Reprodução/Facebook)

Após a circulação de três da linha 11-Coral da CPTM ser afetada na manhã desta sexta (11) devido à suspeita de bombas, a Secretaria de Segurança Pública confirmou que os objetos encontrados nas estações Guaianases, Brás e Corinthians-Itaquera não eram explosivos. "Os artefatos eram todos simulacros contendo tubos cheios de areia. Todas as estações já foram liberadas", confirmou o órgão em nota.

+ Transporte público é o local onde mulheres mais sofrem assédio

Por causa da suspeita, as estações foram esvaziadas e fechadas. Os passageiros aguardaram do lado de fora enquanto o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) realizava a avaliação. Três tubos presos com fita crepe foram achados em uma lixeira na estação Corinthians-Itaquera. Em Guaianases, foi encontrada uma sacola com um celular grudado a três produtos. 

+ Prefeitura e Metrô incrementam veículos para o Natal

Segundo a CPTM, os agentes manusearam os objetos antes de identificarem ameaças. Em Guaianazes, o pacote foi entregue por um usuário da estação para o vigilante, que desconfiou e colocou o artefato em um local longe das pessoas.

Já em Itaquera, um usuário desceu do trem e deixou o objeto na plataforma. Quando o guarda da estação pegou, jogou na lixeira. Somente em um segundo momento de desconfiança, voltou ao cesto e averiguou o que havia dentro do pacote. 

Ameaça de Bomba - CPTM
Ameaça de bomba: objeto foi encontrado na estação Guaianazes da linha 11-Coral da CPTM (Foto: Reprodução/Facebook/Cesaar Reis)

ACIDENTE NA VIA

Acidente CPTM
Acidente na vida: batida entre trem e carro na estação Engenheiro Cardoso, na linha 8-Diamante da CPTM (Foto: Reprodução/Facebook/Jefferson Alves)

Também na manhã desta sexta (11), um acidente entre um carro e um trem reduziu a velocidade da linha 8-Diamante, que liga o município de Itapevi ao centro da capital paulista. A colisão aconteceu próximo à estação Engenheiro Cardoso.

+ Aplicativo de taxi dá corrida de graça na capital

Segundo a CPTM, "um motorista não obedeceu a sinalização sonora, visual e cancela existente e invadiu a passagem em nível (trecho onde o asfalto cruza com a linha férrea).". A companhia alega que a preferência de passagem era do trem no momento da batida, e que o carro ultrapassou outros veículos que estavam parados.

O motorista foi encontrado morto pelo SAMU, e um passageiro foi socorrido e levado para o pronto-socorro. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO