publicidade

Ampliar mapa

Como chegar

Informações e serviço

Encontrou alguma informação errada? Avise

De segunda a sábado: 12h - 22h

/ Domingo: fechado

Obs.: Feriados - Fechado

de R$ 1,00 a R$ 35,00

Lugares/Capacidade total 43

Resenha por Helena Galante e Sophia Braun

Quando a chapa esquenta, a experiência fala mais alto. Só quem trabalha há 47 anos com a casa sempre lotada pode se dar ao luxo de deixar de lado quaisquer ingredientes da moda e se ater à tradição, preparando até setenta lanches ao mesmo tempo. Marta Paolicchi, a proprietária, não permite alterações na receita do cheesesalada de seu pai, o fundador: dentro do pão discretamente aquecido entram 90 gramas de patinho, queijo prato, maionese, alface e molho de tomate fresco de produção própria. Servido num saquinho de papel, sobre um prato de plástico, custa R$ 12,00. É um sanduíche sem frescuras — mas não sem capricho. Para manter o sabor do bife fininho, bem passado, usa-se apenas carne fresca, não congelada. De textura bem leve, a maionese feita lá mesmo diariamente não leva conservantes químicos. Seu sabor discreto de ovo é irresistível, mas nem pense em pedir uma porção à parte. Não há essa opção no cardápio. Mas, falando com jeitinho, o chapeiro coloca uma colherada a mais antes de fechar o pão. Quem vai lá pela primeira vez pode se assustar com a ausência de outros itens, como a porção de batata frita e o milkshake. Refrigerante em lata tem, mas todo mundo prefere em garrafa. Os clientes assíduos explicam: é o preço a pagar (apenas em dinheiro ou cheque, aliás) pelo charme à moda antiga do Seu Oswaldo.

 

Preços checados em 9 de julho de 2014.

Comer & Beber

2013 - Vencedor Categoria Comidinhas hambúrguer tradicional
2012 - Vencedor Categoria Comidinhas hambúrgueres
2011 - Participante Categoria Comidinhas hambúrgueres
2010 - Participante Categoria Comidinhas hambúrgueres

publicidade