Santos e Palmeiras voltam a se enfrentar em decisão depois de 56 anos

Clássico vai reunir torcedores na Vila Belmiro neste domingo (3)

Neste domingo (3), Santos e Palmeiras fazem a segunda partida da final do Paulistão na Vila Belmiro. Acostumados a levantar títulos estaduais — 22 do Verdão e vinte do Peixe —, os clubes não se encontravam em uma final do tipo havia 56 anos. A ocasião anterior foi em 1959, quando os dois terminaram empatados com 63 pontos. O troféu foi disputado em melhor de 4 pontos (naquela época, a vitória valia 2).

Santos - Palmeiras

Santos – Palmeiras

+ Arena do Palmeiras está fora das Olimpíadas

+ 35 coisas que só quem é de Santos vai entender

As duas primeiras jornadas acabaram empatadas, por 1 a 1 e 2 a 2. A terceira ocorreu já em 1960, no dia 10 de janeiro, no Pacaembu. O Santos abriu o placar, mas o Palmeiras virou com Julinho Botelho e Romeiro, garantindo o caneco. A galeria de craques dos times (Pelé, Pepe, Zito e Pagão vestiam branco, enquanto Djalma Santos, Zequinha, Chinesinho e Julinho Botelho trajavam verde) rendeu ao confronto o apelido de Clássico da Saudade, uma referência ao belo futebol.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s