Breve história do rock paulistano

Para celebrar o Dia do Rock, comemorado no dia 13 de julho, lembramos das bandas mais importantes a empunhar guitarras na capital

Se São Paulo é o túmulo do samba, como já dizia com pouca precisão Vinicius de Moraes, certamente não o é quando o assunto é rock. Por aqui já surgiram bandas das mais diversas orientações e vertentes, seja ela punk, hardcore, eletrônica ou tudo isso ao mesmo tempo.

Neste domingo (13), é celebrado o Dia do Rock e, para comemorar, relembramos alguns dos conjuntos mais importantes que surgiram na cidade: dos acordes e versos inocentes da precoce Celly Campello nos anos 50 até as experimentações eletrônicas do duo Aldo.

No meio do caminho, há espaço para o pioneirismo do Secos e Molhados e a fértil cena dos anos 80, que teve bandas tão diferentes entre si como o Ratos de Porão e o Gang 90 e As Absurdettes.

+  Confira o melhor roteiro cultural da cidade 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s