Museus de São Paulo são opção para diversos tipos de passeio

Arquitetura, localização privilegiada, áreas verdes e restaurantes; conheça as outras facetas de lugares mais conhecidos por suas exposições

Não são apenas as exposições que fazem de um museu um local interessante para se visitar. Em São Paulo, alguns deles por si só já são grandes atrações, pois chamam atenção por sua arquitetura arrojada ou clássica, localização privilegiada, áreas verdes, restaurantes, cafés e até feiras de antiguidades, como é o caso do Masp.

Veja aqui uma lista dos museus que rendem ótimos e variados passeios.

Masp

Quando a arquiteta Lina Bo Bardi projetou o prédio do Masp, que desde 1968 descansa sobre a Avenida Paulista, o maior cartão-postal da cidade, sonhava com crianças brincando em seu vão de 74 metros de altura. Assim, não deixe de aproveitar o espaço antes de entrar, seja na feira de antiguidades aos domingos, seja simplesmente para observar a hoje não tão aberta vista para o centro.

Museu de Arte Moderna (MAM)


Mam é primeiro museu de arte moderna da América Latina

Mam é primeiro museu de arte moderna da América Latina

Foi fundado em 1948 pelo empresário Ciccillo Matarazzo e transferido em 1968 para o prédio que ocupa hoje, no Parque do Ibirapuera. Possui uma agradável área ao ar livre de 6.000 metros quadrados, projetada pelo paisagista Burle Marx, com esculturas de trinta artistas brasileiros.

Pinacoteca do Estado

Café da Pinacoteca proporciona descanso ao ar livre

Café da Pinacoteca proporciona descanso ao ar livre

Ao lado do Parque da Luz e em frente à Estação de trem Julio Pretes, um passeio à região pode levar um dia inteiro. Quando o corpo pedir um descanso, a boa pedida é tomar um café no jardom da Pinacoteca. A vista é muito agradável.

Museu Brasileiro da Escultura (MuBE)

MUBE

MUBE

Com uma área de 7 mil metros quadrados, o edifício-sede do MuBE é uma das mais significativas da obras de Paulo Mendes da Rocha. Um dos grandes nomes da arquitetura moderna brasileira, o arquiteto é reconhecido por propor soluções criativas mas, plenamente, inseridas na paisagem. Além de áreas expositivas, auditório, área administrativa e para cursos, o museu conta com um jardim projetado por Burle Marx, que complementa o espaço e é mais uma das atrações do local.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s