Primeiro caso de zika transmitido sexualmente é registrado nos Estados Unidos

Morador de Dallas, no Texas, teve relações sexuais com uma pessoa que viajou para a Venezuela

O departamento de saúde de Dallas, no estado americano do Texas, afirma ter registrado o primeiro caso de zika transmitido sexualmente. Segundo as autoridades, o paciente infectado teve relações sexuais com alguém que viajou para a Venezuela. A pessoa contaminada não viajou – somente seu parceiro sexual. 

+ Jornal francês diz que zika e microcefalia devem reacender debate sobre aborto no Brasil

“Agora que sabemos que o zika vírus pode ser transmitido por meio do sexo, aumenta nossa campanha de conscientização”, informou o departamento, em nota. O governo texano diz que não há nenhum caso de zika transmitido por mosquitos em Dallas, mas há “casos importados” de pessoas que viajaram para países com grande incidência da doença. 

+ Tudo que você precisa saber sobre o vírus zika e a microcefalia

Nesta semana, a microcefalia e sua possível conexão com o zika foram decretados emergência mundial pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O Estado de São Paulo notificou 126 casos de microcefalia desde novembro – vinte e um estão possivelmente ligados ao zika vírus. 

A Fiocruz também investiga se outro mosquito além do Aedes aegypti pode transmitir zika – o pernilongo entre eles. 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s