Praça Franklin Roosevelt mudou de cara

Em 1968, uma série de sobrados residenciais da Praça Franklin Roosevelt (foto) foi demolida para as obras de extensão da Ligação Leste-Oeste. Restaram apenas a igreja e uma polêmica laje sobre um túnel. “A imagem exibe, sob a Rua da Consolação, parte da Avenida Amaral Gurgel, que acabara de ser construída”, conta o engenheiro Geraldo Borghetti. Ele lançou o livro Avenidas 1950-2000 com o também engenheiro Witold Zmitrowicz. “Tentamos mostrar que, no aspecto viário, São Paulo teve, sim, planejamento.” Foi na Praça Roosevelt, hoje ponto de encontro da comunidade teatral, que o dramaturgo Mário Bortolotto levou três tiros em uma tentativa de assalto no último sábado (5).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s