Moradores se mantêm contra concessão do estádio do Pacaembu

Associação Viva Pacaembu teme que, com a medida, o complexo perca a função esportiva e passe a receber grandes shows

Apesar de o secretário municipal de Desestatização e Parcerias, Wilson Poit, ter afirmado esta semana que existe a possibilidade de o estádio do Pacaembu virar uma arena multiuso coberta para receber shows, os moradores do bairro continuam contrários a essa ideia. Na quarta-feira (31), a prefeitura enviou à Câmara Municipal o projeto de lei que prevê a concessão do estádio à iniciativa privada por pelo menos dez anos, e lançou um edital para receber propostas do mercado a fim de definir o que poderá ser feito na arena paulistana, que é tombada pelo patrimônio histórico.

A associação de moradores Viva Pacaembu é contra a medida desde o início. A entidade teme que, se for para a iniciativa privada, o local comece a receber eventos que não estejam ligados às áreas social e esportiva, como grandes apresentações musicais. “Entendemos que o estádio deve continuar público e administrado pela prefeitura”, afirma a associação em nota publicada nas redes sociais. 

A Viva Pacaembu confirma que está se reunindo com Poit para acompanhar as negociações, mas garante que o posicionamento dos moradores ainda é o mesmo: que o complexo deve ser usado para atividades menores, “sem incômodo para o bairro.”

A Secretaria de Desestatização e Parcerias afirmou que está alinhada com o posicionamento dos moradores, e que quer manter a “veia esportiva” do local. “Por enquanto, só estamos ouvindo propostas do mercado. O próximo passo será estudar todas essas ideias e encontrar a melhor solução para o bairro”, esclareceu o secretário Poit, por meio de sua assessoria de imprensa.

Um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado há sete anos com o apoio dos moradores impede que o estádio receba shows e outros eventos sonoros de grande porte a partir das 22h. “Mesmo se quiséssemos receber grandes espetáculos, não teríamos essa permissão”, informou a secretaria.

Segundo a medida, o Pacaembu não poderia, inclusive, sediar jogos de futebol a partir desse horário. Procurada, a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação não respondeu a essa questão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s