Manifestantes pedem intervenção militar na Marginal Pinheiros

Grupo fechou uma das pistas locais

Na manhã desta segunda-feira (13), manifestantes realizaram um protesto que ocupou a pista local da Marginal Pinheiros no sentido Castelo Branco, na altura da estação Hebraica-Rebouças da CPTM. O clube Hebraica se envolveu em uma polêmica recentemente ao cogitar dar espaço a uma palestra do político Jair Bolsonaro, vetada após protestos de membros do local.

O grupo iniciou a manifestação por volta das 9 horas na Rua Hungria, no Jardim Europa. Pede o fim da corrupção e defende a intervenção militar, segundo informações da Polícia Militar. Ainda não há estimativa de número de pessoas.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o local registava 2,7 quilômetros de lentidão por volta do meio-dia. No Twitter, internautas reclamaram do trânsito e o ator Alexandre Frota anunciou o protesto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s