Livros são perdidos de propósito na capital

A editora Zeiz encontrou uma maneira diferente para divulgar A Unidade dos Seis, romance de estréia da paulistana Cristina Castellar. Espalhou 150 exemplares do livro – em trinta colégios e locais públicos como o Parque do Ibirapuera e o Centro Cultural São Paulo. Em um adesivo colado na primeira página de cada exemplar, a editora conta que eles foram perdidos de propósito e convida o leitor a continuar com a brincadeira, deixando um livro em algum ponto de São Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s