Grife 284 é proibida de vender bolsa de moletom I’m Not the Original

Peça é inspirada na Birkin, criação da marca Hermès

Por decisão da 24ª Vara Cível de São Paulo, desde o dia 21 de janeiro a grife 284 — dos irmãos Marcella, Luciana e Bernardino Tranchesi, herdeiros da Daslu, e da amiga Helena Bordon — está proibida de vender uma bolsa de moletom da linha I’m Not the Original. A peça é inspirada na Birkin, criação da marca Hermès. Enquanto a “versão” custa 399 reais, a original não sai por menos de 29.000 reais aqui no Brasil. Os similares foram retirados das lojas para evitar multa diária de 10.000 reais.

A pendenga começou em agosto de 2010, quando a empresa francesa notificou a brasileira. Estava insatisfeita com a semelhança entre as bolsas. A 284, por sua vez, resolveu entrar com um processo. “Queríamos provar que o negócio é correto”, afirma Eliane Yachouh Abrão, advogada dos Tranchesi. “Bolsa não tem direito autoral.” O juiz João Omar Marçura não entendeu assim. Diz o despacho dele: “Ao copiar um design criativo distintivo e fazer referências à bolsa ‘Birkin’, beneficia-se dos investimentos feitos pela ré”. A 284, que também fabrica bolsas inspiradas em coleções da Chanel, Celine e Yves Saint Laurent, vai recorrer.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s