Marky: confira as dicas de música do DJ

Lista do rei do drum’n’bass inclui Jorge Ben e Lô Borges

Ele não entra em um avião sem levar na bagagem quatro pares de agulhas de reserva para discotecar. Gosta de comprar vinhos e, no tempo livre, de ficar com o filho Gabriel, de 4 anos. Nasceu Marco Antonio da Silva, no bairro da Penha. Começou a mostrar seu som em casas pequenas da periferia, transferiu-se para a gigante Toco, também na Zona Leste, e, já com o nome artístico Marky Mark, virou a estrela do clube Lov.e. “Precisei batalhar para caramba, suar a camisa e provar que era bom”, conta. Em 1997, o rei do drum’n’bass (ritmo eletrônico de batidas rápidas e graves) foi descoberto por um produtor londrino. Tornou-se queridinho dos toca-discos na Inglaterra e lá reduziu seu apelido para Marky.

O QUE TOCA NO MEU iPOD

“Buddy (Native Tongue Decision)” – De La Soul

“Bonita Applebum (UK 12” Mix)” – A Tribe Called Quest

“Bright Lights” – Die & Interface Feat. William Cartwright

“Casino Royale” – DJ Zinc

“O Trem Azul” – Lô Borges

“Criola” – Jorge Ben

“Show You the Way To Go” – The Jacksons

“Secret Rendezvous” – René & Angela

“You Know How to Make Me Feel So Good” – Harold Melvin & The Blue Notes

“A Vida em Seus Métodos Diz Calma” – Di Melo

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s