Criminalidade no Morumbi: aplicativo para vigiar a casa

Moradora passou a ter um verdadeiro Big Brother após o segundo assalto à sua residência

Após o segundo assalto, em maio, contratamos uma empresa para monitorar o interior da nossa casa. Tenho câmera na cozinha, no corredor, na sala, na garagem e na rua. Vivo um verdadeiro Big Brother. Chegamos ao ponto de permitir que alguém observe nossa vida 24 horas. Não temos mais privacidade. Se o funcionário da empresa quiser, ele fica assistindo a nossa rotina o dia inteiro. Precisamos confiar nele também.

+ Moradores do Morumbi se mobilizam contra criminalidade no bairro

+ Morumbi: fuzil na garagem

+ Morumbi: escolta para o lixo

+ Morumbi: trancada no closet

+ Morumbi: duas horas de drama

+ Morumbi: portas fechadas

Meu marido tem um aplicativo no celular que mostra todas as imagens. Ele o acessa a cada quinze minutos. E, para falar a verdade, eu colocaria câmera em tudo, até no meu quarto. No primeiro roubo, eles foram agressivos e disseram que iriam colocar fogo no meu filho. No meio da ação, o ladrão atendeu o celular e falou: “Agora não posso. Estou trabalhando.”
M.G., 42 anos, administradora de empresa e vizinha do Clube Paineiras

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s