Cinema na cadeia

Penitenciária José Parada Neto, em Guarulhos, recebe o projeto Cine Tela Brasil

Inaugurada em 1998, a Penitenciária José Parada Neto, em Guarulhos, abriga 1.114 detentos. Metade deles irá ao cinema na sexta (9). A capela do local receberá sessões de três filmes: “Lisbela e o Prisioneiro”, às 10h; “Quincas Berro d’Água”, às 13h30; e “O Bem Amado”, às 15h. Está previsto um debate com o ator Milhem Cortaz (“Tropa de Elite”). A programação integra o projeto Cine Tela Brasil, de Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi (“As Melhores Coisas do Mundo”), que desde 2004 já levou salas itinerantes a 350 cidades, com 4.100 exibições para 790.000 espectadores.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s