Postado em 20/04/2012 por Ricky Hiraoka
Comentários | Comente

Ricardinho: “Se não rolar Londres, quero estar no Rio em 2016”

Ricardinho: “Por mim, jogo até os 50 anos”

Devido a suas boas atuações na Superliga, voltaram a circular boatos sobre uma possível volta do levantador Ricardinho à seleção brasileira de vôlei, da qual saiu em 2007 depois de um arranca-rabo com o técnico Bernardinho. Na entrevista a seguir, o jogador comenta o assunto:

VEJA SÃO PAULO - Seu desempenho na Superliga facilitará a volta à seleção?
Ricardinho –
Não jogo um campeonato para ser convocado, mas sei que poderia ajudar se estivesse na seleção. Se for chamado, ótimo. Se não for, entenderei.

VEJA SÃO PAULO - Acha que tem chance?
Ricardinho –
O time está bem entrosado, o que dificulta minha escalação. Minha presença tem de ser estudada para não prejudicar ninguém. Deve ser duro para o Bernardo decidir se me chama ou não.

VEJA SÃO PAULO – O público pede a sua volta?
Ricardinho –
Sempre. É gostoso sentir-se querido e acharem que você está num nível de seleção brasileira aos 36 anos.

VEJA SÃO PAULO – Pensa em parar quando?
Ricardinho –
Se não rolar Londres, quero disputar a Olimpíada do Rio. Por mim, jogo até os 50 anos.

Comentar sobre "Ricardinho: “Se não rolar Londres, quero estar no Rio em 2016”"