Melhor e Pior de 2009: opinião dos internautas

Se teve um assunto que gerou o que falar, esse assunto foram os melhores e os piores de 2009, eleitos pela Revista VEJA SP. Por isso, propusemos aos internautas que dissessem qual era o melhor e o pior do ano que acabou na opinião deles. Confira o resultado: Obs: Nem todas as categorias foram votadas […]

Se teve um assunto que gerou o que falar, esse assunto foram os melhores e os piores de 2009, eleitos pela Revista VEJA SP. Por isso, propusemos aos internautas que dissessem qual era o melhor e o pior do ano que acabou na opinião deles. Confira o resultado:

Obs: Nem todas as categorias foram votadas e, ainda, em apenas uma delas foi indicado “o pior”.

Melhor Filme: Bastardos Inglórios

bastardos-inglorios-041
Resenha por Miguel Barbieri Jr:
“Quem procurar aqui o humor ácido e a condução elétrica de Tarantino em seus trabalhos anteriores pode estranhar a forma branda como o realizador de Pulp Fiction e Kill Bill comanda sua primeira comédia de guerra. O realizador amadureceu, nota-se isso logo na brilhante sequência de abertura. Está bem menos pop e ainda mais afiado para criar diálogos formidáveis. A graça do roteiro não vem de estereótipos nem de chichês — seu original argumento faz uma bela reverência ao cinema e cita nomes da filmografia alemã, como o diretor G.W. Pabst (1885-1967) e o ator Emil Jannings (1884-1950). Não é preciso ser cinéfilo, contudo, para embarcar numa trama pontuada de tensão e maravilhosamente orquestrada por Tarantino sem maneirismos nem vícios de linguagem narrativa. A ação desenrola-se durante a II Guerra e toma dois rumos. Em um deles, a jovem judia Shosanna Dreyfus (Mélanie Laurent) vê sua família ser exterminada no interior francês a mando do coronel alemão Hans Landa (papel do espetacular ator austríaco Christoph Waltz). Ela foge para Paris, muda de identidade e torna-se dona de uma sala de cinema. Nos campos de batalha, o intrépido tenente americano Aldo Raine (Brad Pitt) montou um pequeno exército de compatriotas judeus e de alemães revoltosos com Hitler para torturar e eliminar soldados nazistas. Chamariz da fita, Pitt aparece pouco, responde pelos melhores momentos de humor e é o único a apelar para a caricatura — por sinal, nada grosseira. Como sempre, Tarantino caprichou na trilha sonora, capitaneada aqui pela obra de Ennio Morricone.”

+ Comente, veja fotos e trailer

Pior Filme: 2012

2012-02
Resenha por Miguel Barbieri Jr.
“Se você não viu o trailer, nem veja. O filminho que serve de chamariz para atrair o público aos cinemas entrega praticamente todas as cenas de catástrofe. Quando são revistas no longa-metragem, elas trazem um gosto de déjà vu. Isso não significa, contudo, que trechos sejam esticados e, assim, consigam proporcionar um espetáculo visual de embasbacar. Nas melhores sequências, Los Angeles é sacudida por um terremoto eletrizante enquanto Las Vegas sucumbe em chamas num momento de arregalar os olhos. Bem-conduzida na primeira hora pelo diretor de O Dia Depois de Amanhã (este sim um filme-catástrofe redondo), a fita se prolonga demais nos trinta aborrecedores minutos finais, quando saem de cena as tragédias naturais e entra o drama dos sobreviventes. Pouco funciona também a história-clichê de personagens-clichês. Entre eles está um motorista (John Cusack) tentando reatar a relação com a ex-mulher (Amanda Peet) e um cientista (Chiwetel Ejiofor) querendo alertar o governo americano do perigo iminente: o mundo acabará em 2012, segundo a profecia do calendário maia. Aguardada pelos brasileiros, a cena do Cristo Redentor caindo por terra (cuja foto ilustra o pôster nacional) passa rasteira num monitor de TV.”

+ Comente, veja fotos e trailer


Melhor Show: Isabella Taviani

release2
“A jornada, que começou nos bares da noite carioca em 1992, tem levado a cantora e compositora Isabella Taviani a conquistar seu lugar de destaque na música brasileira. Nos últimos dois anos, foram mais de 70 mil discos vendidos, vários sucessos de rádio, temas de novela e um público maior a cada dia, que vem lotando suas apresentações pelo Brasil.” (fonte: Site Oficial da Cantora)
Em 2009, a cantora lançou o CD “Meu Coração Não Quer Viver Batendo Devagar”

Merece ser citado: Iron Maiden

img_5349_032ironmaiden2
Muitos foram os fãs de Iron Maiden que se manifestaram nesse blog. Em quase todos os comentários, elegeram o show da banda como o melhor do ano. Mas, como não registraram oficialmente seus votos (via Twitter, Facebook e Orkut), não pudemos aceitá-los. De qualquer forma, fica a menção.

Melhor Balada: Trash 80’s

trash1
A Trash 80’s surgiu a partir de divagações entre o jornalista Eneas Neto e o DJ Tonyy sobre uma possível festa que ambientasse o clima kitsch da década de 80, abolindo o glamour do pop/rock alternativo da época.
Realizada semanalmente de quinta a sábado no Centro e aos sábados na Vila Olímpia, a Trash 80’s traz em cada noite um tema diferente: tributos a ícones da TV (SBTrash, Globo de Ouro, Chacrinha, Xuper Xou du Tréxi), shows ao vivo (Brazilian Genghis Khan, Gretchen, Sidney Magal, Wando), entre outros. (fonte: site Trash 80’s)

+ Comente, veja fotos e programação

O que você achou das escolhas? Opine!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s