‘Detona Ralph’: Descubra 10 games clássicos que aparecem no desenho da Disney

Um dos maiores sucessos de bilheteria no Brasil neste começo de ano, a animação Detona Ralph, da Disney, é mesmo irresistível: um desenho criativo, engraçado e que nunca perde o gás. Para quem curte videogame, a diversão vem em dobro, já que o filme faz dezenas de referências a joguinhos eletrônicos que marcaram a infância […]

Um dos maiores sucessos de bilheteria no Brasil neste começo de ano, a animação Detona Ralph, da Disney, é mesmo irresistível: um desenho criativo, engraçado e que nunca perde o gás. Para quem curte videogame, a diversão vem em dobro, já que o filme faz dezenas de referências a joguinhos eletrônicos que marcaram a infância de quem cresceu nos anos 80 e 90.

A história principal se passa em um jogo criado especialmente para a animação, Conserta Felix, que lembra o clássico Donkey Kong (clique aqui para jogar Conserta Felix): cansado de ser malvado, o vilão Ralph faz diariamente o mesmo trabalho cansativo de quebrar janelas de um prédio – enquanto Felix, o mocinho, faz reparos na bagunça. Quando o “expediente” termina e o fliperama fecha, o grandalhão encontra vários personagens clássicos: Sonic, Pac-Man, Frogger, entre outros.

Uma das boas sacadas do filme é desafiar o público a encontrar heróis e vilões de games de empresas como a Sega, Nintendo, Capcom e a Namco. Não identificou os principais? Na lista abaixo, veja 10 jogos que aparecem em Detona Ralph:

Sonic the Hedgehog

O mascote Sonic, criado pela Sega, fez muito sucesso no início dos anos 90, quando foi lançado para o console Mega Drive. A agilidade do personagem – capaz de disparar numa velocidade aceleradíssima – e a definição dos gráficos marcaram época. Até maio de 2006, a franquia vendeu 44 milhões de unidades. No filme, Sonic faz as vezes de mestre de cerimônias na Central dos Jogos, uma espécie de estação de trem que faz a conexão entre as várias máquinas de fliperama.

Pac-Man

Um dos joguinhos mais populares de todos os tempos foi criado pela Tohru Iwatani para a empresa Namco. Chegou ao mercado no início dos anos 80 e, desde então, ganhou versões para vários consoles. A ideia era simples: num labirinto, uma cabeça amarelada tenta comer todas as pastilhas enquanto é perseguida por quatro fantasmas. No filme, o próprio Pac-Man é convidado para uma festinha no apartamento de Felix. E um dos fantasmas chora as pitangas em uma espécie de “terapia de grupo” de vilões.

Street Fighter

O jogo de luta, lançado em 1987 pela Capcom, se transformou em febre juvenil e ganhou várias versões nos anos 90. Entre os pais, provocou discussões sobre o excesso de violência em brinquedos para crianças e adolescentes. Na telinha, lutadores de diversos lugares do mundo se enfrentam. Ken & Ryu, Bison e Zangief, de Street Fighter II, fazem pequenas participações em Detona Ralph.

Mortal Kombat

E por falar em jogos de luta… Se a pancadaria de Street Fighter já deixava muito papai de cabelo em pé, a franquia da Midway Games – lançada em 1992 – levou a sanguinolência dos games a um outro nível. No fim da briga, quando o oponente está grogue, é aplicada uma acrobática “finalização” – golpes agressivos que fizeram a fama do game. Em Detona Ralph, o vilão Kano participa da reunião de malvados em crise.

Dance Dance Revolution

A franquia de games musicais da Konami chegou ao mercado em setembro de 1998 no Japão e revigorou os fliperamas. Em vez de controlar joysticks, os jogadores precisavam ter talento para soltar o quadril e dançar passinhos complicados. Em Detona Ralph, o jogo aparece nas cenas que mostram a movimentação no fliperama onde está instalada a máquina de Conserta Félix.

Super Mario

A produção de Detona Ralph tentou incluir o mascote da Nintendo na animação. Mas custaria muito caro levar o encanador Mario, que estreou no jogo Donkey Kong, para a trama. Mas isso não impediu que o vilão Bowser entrasse em cena. O joguinho de carros colorido onde mora a heroína mirim do filme é uma referência a Mario Kart.

Rise of the Robots

O game de 1994, da Mirage Studios, adaptou a ideia de Street Fighter ao universo dos robôs. Apesar da alta definição de seus gráficos, recebeu muitas críticas e não fez sucesso. O vilão amarelo Vandal aparece em Detona Ralph.

Altered Beast

Um dos primeiros jogos criados para a Sega, em 1988, transforma a mitologia grega em tema de game. Ressuscitado por Zeus, um centurião tenta resgatar Atena, raptada pelo demônio Neff. É esse vilão rosado que faz uma ponta na nova animação da Disney.

Frogger

O sapinho tenta atravessar uma rua movimentada desde 1981, quando foi criado por uma parceria entre a Sega e a Konami. Sucesso no Atari, o personagem se transformou e ganhou uma versão recente da Hasbro. No desenho, ele aparece rapidamente na Central de Jogos.

Q*Bert

Ao contrário de Frogger ou de Mario, o personagem criado para o game de 1982 hoje é lembrado apenas pelos mais nostálgicos. A animação brinca com esse ostracismo e mostra a fase difícil na vida da estranha bolinha alaranjada, que caiu numa difícil temporada de decadência. Quem sabe Detona Ralph não impulsiona um revival do personagem?

Deixe seu comentário: há vários outros personagens clássicos de games no filme. Você conseguiu identificá-los?

+ Leia mais novidades do blog Pop! Pop! Pop!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s