Clique e assine por apenas 6,90/mês

Escola de cancerologia inova em ensino

Programas de residência do A.C.Camargo Cancer Center promovem aprendizado humanizado em oncologia

Por Abril Branded Content - 12 nov 2018, 18h34

Diagnosticar, tratar e reabilitar um paciente com câncer não é tarefa fácil e demanda experiência e comprometimento de profissionais bem qualificados. Formar esses profissionais é um desafio ainda maior.

Com 65 anos de história, o programa de residência médica em oncologia do A.C.Camargo Cancer Center já formou mais de 1 300 médicos oncologistas em todo o Brasil. “Os médicos que fazem sua especialização no A.C.Camargo convivem e aprendem com profissionais renomados e experientes, além de ter acesso ao que há de mais moderno em termos de diagnóstico e tratamento do câncer. Também têm a oportunidade de ver e tratar casos de câncer complexos raramente vistos em outros centros no país”, afirma José Humberto Fregnani, superintendente de ensino da instituição.

Ser tratado em um hospital com um programa de residência médica como o do A.C.Camargo faz a diferença. Os residentes são continuamente supervisionados pelos médicos preceptores, que são profissionais altamente qualificados, responsáveis pelos pacientes e que ensinam os residentes a tomar a melhor decisão, caso a caso. Por sua vez, e por serem constantemente questionados pelos médicos residentes, os preceptores precisam estar sempre atualizados. Quem ganha com isso são os pacientes, que têm a certeza de receber um tratamento de ponta e personalizado.

Divulgação/Abril Branded Content

Para acompanhar a evolução dos residentes, a instituição realiza avaliações periódicas em uma plataforma eletrônica abrangendo o conhecimento teórico, as habilidades técnicas e os aspectos comportamentais. “A delicadeza e sensibilidade diante de notícias difíceis e a boa comunicação são essenciais no cotidiano do profissional que atua na oncologia”, comenta o superintendente de ensino. Por sua vez, os residentes têm a oportunidade de avaliar os seus preceptores, o que promove a melhoria constante do programa de especialização.

Continua após a publicidade

Fregnani ainda destaca que grande parte dos residentes vem de fora do estado de São Paulo e, ao terminar a especialização, retorna para suas cidades. “Esse movimento é muito bem-vindo. Com ele, o A.C.Camargo cumpre sua missão na área do ensino, formando profissionais plenamente qualificados para combater o câncer em todo o país”, finaliza.

Publicidade