Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Studio SP Vila Madalena

Tipos de Passeios:

VejaSP:

Endereço: Rua Inácio Pereira Da Rocha, 170 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30324379

Site: http://www.studiosp.org

Horário:

segunda-feira - - - Último cliente

terça-feira - - - Último cliente

quarta-feira - - - Último cliente

quinta-feira - - - Último cliente

sexta-feira - - - Último cliente

sábado - - - Último cliente

domingo - - - Último cliente

Funciona das 23h00 até o último cliente (quinta a sábado).

Resenha por Carolina Giovanelli

Em 2006, o agitador cultural Ale Youssef se juntou a três sócios para inaugurar em um sobrado da Vila Madalena o Studio SP, mistura de casa de shows e balada. Dois anos depois, aproveitou a ascensão da região do Baixo Augusta e transferiu o clube para lá. Com o sucesso da empreitada, no fim do ano passado, estendeu a marca para o Rio de Janeiro. No mesmo período, abriu uma filial paulistana naquele primeiro endereço, na Rua Inácio Pereira da Rocha. A boate da Vila sedia noitadas de rock, funk, soul e música brasileira. Cinco festas mensais se revezam na programação de quinta a sábado, como a Sambarbudo Project e a Veneno. Um público que transita entre o estilo moderninho e o hippie chique se balança na pista de pé-direito alto, com paredes repletas de lambe-lambes. Os DJs selecionam o som em uma cabine suspensa. No 2º andar, há uma área aberta com mesas. Durante a semana, o espaço recebe temporadas de peças de teatro.

    Em 2006, o agitador cultural Ale Youssef se juntou a três sócios para inaugurar em um sobrado da Vila Madalena o Studio SP, mistura de casa de shows e balada. Dois anos depois, aproveitou a ascensão da região do Baixo Augusta e transferiu o clube para lá. Com o sucesso da empreitada, no fim do ano passado, estendeu a marca para o Rio de Janeiro. No mesmo período, abriu uma filial paulistana naquele primeiro endereço, na Rua Inácio Pereira da Rocha. A boate da Vila sedia noitadas de rock, funk, soul e música brasileira. Cinco festas mensais se revezam na programação de quinta a sábado, como a Sambarbudo Project e a Veneno. Um público que transita entre o estilo moderninho e o hippie chique se balança na pista de pé-direito alto, com paredes repletas de lambe-lambes. Os DJs selecionam o som em uma cabine suspensa. No 2º andar, há uma área aberta com mesas. Durante a semana, o espaço recebe temporadas de peças de teatro.