Pipo (Desde 2019)

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Avenida Europa, 158 - Museu da Imagem e do Som - MIS - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 35301760
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 17:00 - 19:00 - 23:00
quarta-feira
12:00 - 17:00 - 19:00 - 23:00
quinta-feira
12:00 - 17:00 - 19:00 - 23:00
sexta-feira
12:00 - 17:00 - 19:00 - 23:00
sábado
12:00 - 17:00 - 19:00 - 23:00
domingo
12:00 - 16:30
monetization_on

Faixa de preço

De R$111,00 a R$165,00

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (72)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Rosto famoso de um canal por assinatura, no qual apresenta os programas Perto do Fogo, Que Seja Doce! e The Taste Brasil, e agora na TV aberta — com a estreia, nesta semana, do reality Top Chef —, o carioca Felipe Bronze trouxe do Rio para São Paulo o Pipo, seu restaurante mais informal. Sim, no balneário mais bonito do mundo o cozinheiro mantém agora apenas o excelente Oro, dedicado à alta gastronomia. O endereço paulistano surgiu no mesmo ponto onde ficava o extinto Chez MIS, bem atrás do Museu da Imagem e do Som. Num ambiente que ganhou uma deliciosa varanda ajardinada, Bronze oferece um atraente mix de receitas bem executadas no dia a dia por dois chefs residentes, Henrique Ide e Rafaela Dossi. Antes de passar aos pratos, comece por reservar o paladar para a sobremesa. O manjado pudim de leite (R$ 28,00) é dos melhores que já provei. Tem açúcar na medida, textura sedosa e nenhum daqueles irritantes furinhos de um cozimento excessivo. Outro doce que vale cada uma das calorias é a torta de queijo (R$ 28,00), que lembra uma cheesecake e recebe dupla cobertura: goiabada e morango na brasa, que dá ótimo toque de acidez. Para abrir a refeição, o brioche, que mais lembra um bun, tem recheio de ostras crocantes empanadas em farinha panko ao aïoli, que reforça o sabor de mar pela adição de alga fatiada, e picles de cebola-roxa (R$ 39,00 a dupla). Sobra um pouquinho de sal no molho que rega os saborosos guiozas de polvo (R$ 44,00, quatro unidades). Com cozimento lento de dezoito horas, a costela chega desmanchando-se junto de farofa, purê de banana, vinagrete e ovo cremoso (R$ 62,00). O arroz de pato (R$ 40,00), feito à espanhola e exuberante em condimentos, vem pregado na panela de ferro com azeitona, couve e fatias do peito da ave no ponto certo. Sem hesitar, garanto que a experiência paulistana é muito superior à do extinto Pipo carioca. Pena que não dá mais para comparar.

Informações checadas em abril de 2019.

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s