Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Sesc Verão 2021 terá atividades on-line e presenciais

Tema que norteia as atividades nas quarenta unidades paulistas do Sesc é "Cuidar Faz Bem"

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 jan 2021, 11h42 - Publicado em 13 jan 2021, 22h33

A partir de sábado (16) até 14 de fevereiro, a 26ª edição do Sesc Verão ocupa as quarenta unidades do Sesc no estado de São Paulo. Com o tema “Cuidar faz bem”, a programação será predominantemente digital – mas há previsão para encontros presenciais, sujeitos à alteração em função da pandemia Parte dos eventos ao vivo também terá transmissão simultânea pelas redes digitais do Sesc São Paulo.

Além do foco da atividade física e importância do esporte para o bem-estar, a campanha de 2021 vai além do cuidado com a própria saúde e estende o cuidado para a relação com os outros e com o meio compartilhado entre todos. “A saúde ficou em evidência, especialmente porque ela foi colocada em risco de uma forma como não se via há mais de 100 anos. A saúde foi atacada em suas dimensões física, mental e social. Esses três eixos, que formatam a definição de bem-estar consolidada pela Organização Mundial da Saúde desde sua origem na década de 1940, seguem como pilares sobre os quais se sustenta a utopia de uma vida com qualidade”, afirma Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90 reais mensais

Confira alguns dos destaques de aulas abertas, cursos, bate-papos e produções digitais oferecidas pelas quarenta unidades:

A abertura, no sábado (16), às 16h, será um bate-papo entre Pedro Hallal, doutor em epidemiologia, a artista Larrissa Luz. A mediação é de Fabiano Augusto João com apresentação de Leonardo Calix Soares, na página do YouTube do Sesc.

Continua após a publicidade

Sesc Parque Dom Pedro II recebe no dia 13 de fevereiro, das 17h às 18h, o psicanalista Christian Dunker e o ator Cláudio Thebas, autores do livro O Palhaço e o Psicanalista.

No Sesc Osasco, o skatista Claudio Secco conduz uma série de lives com outros atletas, como o curitibano Felipe Nunes, no sábado (16), Rui Moleque, no dia 23 de janeiro, e Ítalo Penarrubia, no dia 30 de janeiro, sempre das 11h às 12h.

A primeira jogadora de vôlei trans no Brasil, Tifanny Abreu, é convidada para um bate-papo no Sesc Consolação. 

Helena Galante, editora da Veja São Paulo, participa de uma conversa no Sesc Belenzinho sobre o podcast Jornada da Calma e a busca por mais serenidade no cotidiano no dia 11 de fevereiro, às 17h.

A programação completa está em sescsp.org.br.

Continua após a publicidade
Publicidade