Continua após publicidade

Parque Butantan reinaugura prédio centenário após três anos de restauros

Com afrescos restaurados e biblioteca científica ampliada, Instituto Butantan reinaugura Edifício Vital Brazil

Por Humberto Abdo
Atualizado em 28 abr 2023, 09h39 - Publicado em 28 abr 2023, 06h00

Em um dos pontos mais altos do Parque Butantan, o Edifício Vital Brazil será reinaugurado nesta terça (2) após três anos de obras e investimento de 19 milhões de reais. A partir de agora, a biblioteca científica também ficará aberta ao público, com direito a novas áreas de estudo, cafeteria e algumas preciosidades descobertas durante os restauros — como pinturas cobertas por um forro de gesso.

“Sabíamos que os halls de acesso costumavam ter decorações especiais no piso e nas paredes”, conta a arquiteta Caroline Tonacci Costa, que integra a equipe de restauração. Após uma série de raspagens, os murais restaurados retratam figuras marcantes da ciência, como Edward Jenner, responsável pela criação da vacina da varíola, e Louis Pasteur, que revolucionou o combate a doenças infecciosas.

Fachada central do Edifício Vital Brazil, com paredes brancas, jardim na frente e telhado marrom.
Fachada central do Edifício Vital Brazil. (Comunicação Butantan/Divulgação)

Todos os elementos em art nouveau e art déco do edifício foram preservados no projeto e as ilustrações, escondidas por décadas, serão uma das atrações para os visitantes, assim como as novas “janelas pedagógicas”, aberturas em forros, pisos e paredes que revelam alguns dos detalhes da estrutura do local.

Concebida pelo arquiteto e engenheiro Mauro Álvaro de Souza Camargo, a construção foi inaugurada em 1914 para acomodar laboratórios e a biblioteca. Ampliada, agora ela tem área para palestras, aulas, pesquisas individuais e o espaço Semear Leitores, voltado para a leitura de crianças e adolescentes.

Vista aérea do Edifício Vital Brazil, com paredes brancas, jardim na frente e telhado marrom.
Edificio Vital Brazil. (Comunicação Butantan/Divulgação)

Além da coleção de periódicos e revistas científicas disponível em versão digital, a instituição mantém o acervo físico de 4 500 obras, com títulos de áreas como herpetologia, saúde pública e imunologia. “Nossos livros sempre foram muito voltados para o nível da pós-graduação, mas agora vamos abrir espaço para atender diferentes públicos”, observa Joanita Lopes, diretora da biblioteca.

Muitos dos títulos guardados por lá são centenários, segundo ela. “Nesse prédio temos dois patrimônios: o arquitetônico e o bibliográfico. A obra mais antiga daqui é do século XVII.”

Mulher e homem posam sentados em local aberto e ensolarado com jardim e vidros ao fundo.
Caroline Tonacci Costa e João Tadeu Foa Binsztajn: responsáveis pelos restauros do Edifício Vital Brazil. (Mateus Serrer/Divulgação)
Imagem de afresco restaurado em cores douradas e busto de homem calvo no centro.
Por dentro e por fora: obras contemplam a área externa do Edifício Vital Brazil e detalhes no interior, como os antigos murais pintados a mão. (Mateus Serrer/Divulgação)

Com acesso pelos dois lados, o terreno preserva um grande jardim com vista para o serpentário. No andar térreo ficam as salas de exposições, uma delas reservada para a exibição permanente de objetos pessoais de Vital Brazil, e outra com exemplares históricos do acervo à mostra. “Como as revistas científicas encadernadas com couro de serpente”, conta Joanita. “São mais de 200 e vamos deixar uma delas disponível para o público conhecer e sentir a textura.”

Continua após a publicidade

No segundo piso, itens pessoais e de trabalho usados no início do século XX pelo médico sanitarista Vital Brazil também ficarão em exposição. “Nossa ideia era reconstituir a biblioteca que existia lá no início e integrá-la ao projeto modernizado”, resume o diretor Esper Kallás. “Em breve faremos um museu de ciências só para crianças, mas esse é um plano para os próximos anos.”

Instituto Butantan. Avenida Vital Brasil, 1500, Butantã, ☎ 2627- 9536. → Terça a sexta, 9h/16h45. Grátis. butantan.gov.br

Publicado em VEJA São Paulo de 3 de maio de 2023, edição nº 2839

Fachada central do Edifício Vital Brazil, com paredes brancas, jardim na frente e telhado marrom.
Fachada do Edifício Vital Brazil. (Comunicação Butantan/Divulgação)
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.