Continua após publicidade

MAM São Paulo inaugura obra e intervenção em seu jardim e fachada

A partir de sábado (10), museu recebe peça de Frederico Filippi e intervenção do Jardim Miriam Arte Clube

Por Mattheus Goto
Atualizado em 27 Maio 2024, 21h13 - Publicado em 7 dez 2022, 21h28

O próximo sábado (10) será movimentado no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM São Paulo). Duas novidades vão transformar as áreas externas: uma obra de Frederico Filippi será inaugurada no Jardim das Esculturas e uma intervenção artística do Jardim Miriam Arte Clube, na fachada do edifício.

+ Festival de rua Toyo Matsuri chega à sua 52ª edição na Liberdade

A primeira é a obra temporária Cobra Grande (2022), que foi criada especialmente por Filippi para o jardim em frente ao MAM. Trata-se de uma grande corrente, em referência ao dispositivo utilizado como técnica de desmatamento, feita de adobe, material utilizado na bioconstrução.

A peça tem um “caráter efêmero”, pois sua composição é impactada pelas condições do dia, e foi concebida para iniciar as comemorações dos 30 anos do Jardim de Esculturas, projetado por Burle Marx, a serem completados em 2023.

Nascido em São Carlos, interior de São Paulo, Filippi aborda questões da fronteira entre a floresta e o avanço da indústria em seu trabalho, que inclui diversos projetos na Amazônia. Cobra Grande faz parte de uma série que reflete sobre os dispositivos do desmate.

Continua após a publicidade

A segunda novidade é a intervenção artística do Jardim Miriam Arte Clube – JAMAC, um coletivo artístico e social, liderado pela artista Mônica Nador, que conta com a colaboração de moradores do bairro Jardim Miriam.

+ Nova edição do Bazar Mamma Mia reúne marcas autorais e comidinhas

O grupo preparou estampas impressas sobre telas, com módulos de 15 metros de extensão, que ocuparão partes da fachada do museu, na divisa entre a marquise do Parque Ibirapuera e o Jardim de Esculturas.

As estampas trazem formas de plantas e folhas em diferentes variações de fundo e cor. A ideia é aproximar o público da arte contemporânea e mostrar que há uma conexão entre elementos da flora e da construção civil.

Continua após a publicidade

+ Assine a Vejinha a partir de 9,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.