Clique e assine por apenas 5,90/mês

Datena se revolta com Bolsonaro: “Bundão é o senhor”

Presidente ofendeu jornalistas em evento sobre a Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 25 ago 2020, 10h11 - Publicado em 25 ago 2020, 10h08

O apresentador José Luiz Datena se mostrou revoltado com Jair Bolsonaro após o presidente xingar jornalistas de “bundões”. Datena disse que “bundão” é Bolsonaro.

“O senhor presidente da República, pelo cargo que eu respeito, e respeito até o presidente Bolsonaro, porque eu gosto dele, ele abre um caminho de duas mãos, porque não pode ofender qualquer cidadão brasileiro da forma como ofendeu, seja ele da imprensa ou não. Eu, por exemplo, sou do jornalismo e não sou bundão, senhor presidente Bolsonaro. Eu não sou bundão. Agora, o senhor me dá o direito de chamar o Jair de bundão. Então bundão é o Jair. Bundão é o senhor!”, criticou Datena ao vivo. 

“Não é o presidente da República, esse eu respeito, mas a partir do momento que você chama a minha classe toda de bundão eu também posso chamar o senhor de bundão. Como todos nós somos bundões? Teve muita gente que perdeu a vida, que deu a sua vida, inclusive durante o regime militar, fazendo matérias. A imprensa brasileira foi fundamental na mudança deste país em várias oportunidades. Então os jornalistas brasileiros não são bundões, pelo contrário. São gente que vai pra rua trabalhar enfrentando dificuldades enormes”, afirmou o apresentador.

Na segunda-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro criticou a imprensa em evento no Palácio do Planalto. Ele disse que, diferentemente dele que tem um histórico de atleta, se jornalistas pegassem a Covid-19 eles teriam mais chances de morrer porque são “bundões”. Não há embasamento científico para as declarações do presidente.

Continua após a publicidade
Publicidade