Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Veja como funciona uma academia de luta livre

Lutadores jovens e experientes dividem espaço precário na Vila Carrão para garantir a sobrevivência do esporte

Por Adriano Conter Atualizado em 5 dez 2016, 16h51 - Publicado em 28 set 2012, 23h37

Com o objetivo de devolver à luta livre a popularidade conhecida durante os anos 1960, Bob Junior, filho de lutador, fundou a Brazilian Wrestling Federation em 2002. Hoje, associados jovens e experientes dividem duas academias na cidade e uma terceira em Santo André.

Em um dos espaços, um precário ringue na Vila Carrão, um grupo unido treina duas vezes por semana na tentativa de manter a modalidade viva. Confira no vídeo abaixo como é a rotina de personagens como Nocaute e Ninja, que nesta última quinta (27) perderam a maior referência nacional da luta livre, Ted Boy Marino, astro do telecatch. Mario Marino, seu verdadeiro nome, morreu os 73 anos, durante uma cirurgia emergencial no Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)