Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Antônia Fontenelle é indiciada por racismo contra Giselle Itié

A apresentadora mandou a atriz, que nasceu no México, 'voltar para sua terra'

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 fev 2021, 11h55 - Publicado em 22 fev 2021, 11h53

Antônia Fontenelle foi indiciada pelo crime de racismo após ofensas contra a atriz Giselle Itié, que nasceu no México. O indiciamento foi apontado pela delegada Marcia Noeli Barreto, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). A informação é do jornal O Globo

A briga entre as duas começou após Giselle revelar ter sofrido assédio de um diretor de novelas quando tinha 23 anos. Ela não citou nomes, mas Antônia se ofendeu porque seu ex-marido, o diretor Marcos Paulo, morto em 2012, dirigiu a atriz em uma novela na mesma época. “Volta para o seu país, é o melhor que você faz”, disse Fontenelle.

Após ser indiciada, segundo o jornal O Globo, a apresentadora manifestou o desejo de fazer um acordo com o Ministério Público para não ser processada. 

  • Publicidade