Confira as tendências e o que há de mais novo no mundo plus size

Marcas famosas e redes de fast-fashion já aumentaram a produção de peças para esse nicho

Lingerie da Calvin Klein: do 46 ao 54

Lingerie da Calvin Klein: do 46 ao 54 (KEITH KANDELL/Divulgação)

Lingerie de modelagem ampla

Após o sucesso da linha CK Under + nos Estados Unidos, a Calvin Klein trouxe ao Brasil lingeries com uma faixa ampla de tamanho. A numeração vai do 46 ao 54. As peças para o público plus size podem ser encontradas em diversas linhas da etiqueta, entre elas a Black Lace, com rendas e estilo sensual no acabamento. Há ainda modelos mais tradicionais, com o elástico marcado pelo famoso logo da empresa (99 reais o top e 79 reais a calcinha). As novidades estão na loja da Rua Oscar Freire, 716, Jardim Paulista (☎ 3062-4191), ou no site calvinklein.com.br.

 (@NANADRIDRIKA/Divulgação)

Banho na medida

Lançada neste ano, a marca Claurai vende roupões e toalhas grandes, a partir de 2 metros de comprimento, que abraçam totalmente o corpo do manequim 46 para cima. A ideia surgiu por uma necessidade da criadora da etiqueta, a ex-modelo plus size Claudia Oliveira, 28, que se incomodava com o fato de o pano não a cobrir totalmente após o banho. A empresa vende, em média, quinze toalhas por semana no varejo — atende também no atacado e oferece peças sob medida. É possível fazer pedidos pelo telefone 96611-6319 ou pelo Instagram @claurai.100.

Peças populares

Redes de fast-fashion passam, cada vez mais, a investir no segmento plus size. Marisa, Forever 21, Zattini, Kiabi, Riachuelo e C&A (só no e-commerce) aparecem entre os exemplos. A marca de lingerie Duloren apostou nesse público alguns anos atrás e se deu bem. As vendas de tamanhos G e XG correspondem a 40% do faturamento da etiqueta atualmente.

 (Divulgação/Divulgação)

R$ 59,95: Blusa feminina. Marisa, marisa.com.br

 (Divulgação/Divulgação)

R$ 186,89: Blazer floral de viscose. Zattini, zattini.com.br.

 (Divulgação/Divulgação)

R$ 95,00: Cropped de renda. DuLoren, duloren.com.br.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 26 de junho de 2019, edição nº 2640.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s