Clique e assine por apenas 5,90/mês

Cinco sugestões para controlar o orçamento do casório

Como economizar e evitar entrar em furadas na hora de organizar o evento

Por Bárbara Öberg, Laís Franklin e Tatiana Izquierdo - 26 Maio 2017, 19h42

Duas das principais organizadoras de casamento da capital, Babi Leite, da Babi Leite Eventos, e Elisa Tavares, da Boutique de 3, listam cinco sugestões para o casal economizar e fugir de pegadinhas.

1. Desconfie de fornecedores que cobram muito menos em relação aos concorrentes de mercado. No fim, eles podem aparecer com horas excedidas de trabalho, consumo além do esperado… O barato acaba saindo caro.

2. Contrate os itens mais importantes primeiro, como bufê, igreja e decoração. Há quem gaste todo o dinheiro disponível com miudezas para depois ficar sem verba para coisas realmente importantes.

3. Estabeleça suas prioridades. Se deseja contar com uma boa banda, será preciso reduzir o cardápio, por exemplo.

4. Em cerimônias diurnas, fique atento para não estender o horário combinado com o salão. Esse tipo de hora extra costuma encarecer, e muito, a conta no final.

5. Casar durante a semana custa bem menos do que aos sábados e domingos. Para economizar, vale tentar armar a festa numa sexta.

Continua após a publicidade
Publicidade