Continua após publicidade

Em São Paulo, bares e restaurantes terão que servir água de graça

O prefeito Bruno Covas sancionou projeto que entrará em vigor em setembro de 2021

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 17h36 - Publicado em 10 set 2020, 11h40

Foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (10) lei que obriga bares e restaurantes da cidade de São Paulo a servirem água filtrada de forma gratuita. A lei sancionada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, terá 365 dias para entrar em vigor. 

A partir de setembro de 2021, os estabelecimentos serão obrigados a informar os consumidores da oferta gratuita de água no cardápio. O projeto foi formulado por Adolfo Quintas (PSD) e Xexéu Tripoli (PSDB)

De acordo com o texto, os bares e restaurantes que não seguirem a determinação poderão receber multas de até 8 000 reais, caso sejam reincidentes. 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.