Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Dez refilmagens dispensáveis. Faltou alguma?

Na falta de bons roteiros, Hollywood costuma apelar para as refilmagens. Algumas dão certo e até superam o original. Gosto, por exemplo, das novas versões de O Vingador do Futuro e A Fantástica Fábrica de Chocolate. Outras são um tremendo fiasco. Como Amor Sem Fim, remake do filme de 1981 dirigido por Franco Zeffirelli, chegou aos […]

Por Miguel Barbieri Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 21h46 - Publicado em 12 jun 2014, 13h37

Na falta de bons roteiros, Hollywood costuma apelar para as refilmagens. Algumas dão certo e até superam o original. Gosto, por exemplo, das novas versões de O Vingador do Futuro e A Fantástica Fábrica de Chocolate. Outras são um tremendo fiasco.

Como Amor Sem Fim, remake do filme de 1981 dirigido por Franco Zeffirelli, chegou aos cinemas, fiz uma lista de algumas refilmagens igualmente dispensáveis. Deixei de fora as adaptações americanas de longas-metragens europeus ou asiáticos, tipo o coreano Oldboy ou o sueco Deixe Ela Entrar. E aí, faltou alguma?

Quer ter informações diárias sobre cinema? Venha conhecer e curtir minha página no Facebook.

Psicose (1998) - O diretor Gus Van Sant não chegou aos pés do original de Hitchcock

Psicose (1998) – O diretor Gus Van Sant não chegou aos pés do original de Hitchcock.

Sabrina (1995) - O original, de 1954, tinha Audrey Hepburn, que foi substituída por... Julia (sumida) Ormond,

Sabrina (1995) – O original, de 1954, tinha Audrey Hepburn, que foi substituída por… Julia (sumida) Ormond.

+ Conheça a garota que inspirou a Hazel de A Culpa É das Estrelas

A Morte Pede Carona (2007) - Tão esquecível que todos se lembram do original com Hutger Hauer.

A Morte Pede Carona (2007) – Tão esquecível que todos se lembram do original com Hutger Hauer.

Poseidon (2006) - Nem com efeitos visuais melhores, conseguiu superar o filme de 1972

Poseidon (2006) – Nem com efeitos visuais melhores, conseguiu superar o filme de 1972.

Continua após a publicidade

+ Os filmes que fizeram a redação de VEJA SÃO PAULO chorar

A Hora do Pesadelo (2010) - Freddy Krueger voltou, mas não assustou tanto quanto em 1984

A Hora do Pesadelo (2010) – Freddy Krueger voltou, mas não assustou tanto quanto em 1984.

Karate Kid (2010) - Jaden Smith, filho de Will, quis impressionar, mas só conseguiu mostrar ser um chatinho

Karate Kid (2010) – Jaden Smith, filho de Will, quis impressionar, mas só conseguiu mostrar ser um garoto mimado e chatinho

+ Os filmes mais importantes que estreiam durante a Copa do Mundo

Footloose (2011) - Kenny (quem?) Wormald trocado por Kevin Bacon? Só a cena com canção-título empolgou

Footloose (2011) – Kenny (quem?) Wormald trocado por Kevin Bacon? Só a cena com a canção-título empolgou

A Hora do Espanto (2011) - Colin Farrell fez bonito como o vampiro, mas o remake ficou com cara passadista.

A Hora do Espanto (2011) – Colin Farrell fez bonito como o vampiro, mas o remake ficou com cara passadista.

Conan, o Bárbaro (2011) - Jason Momoa é fortão, mas Arnold Schwarzenegger, em 1982, foi uma revelação

Conan, o Bárbaro (2011) – Jason Momoa é fortão, mas Arnold Schwarzenegger, em 1982, foi uma revelação.

Doce e gracinha, Chloë Grace Moretz ficou a dever comparada à atuação de Sissy Spacek, no terror de 1976

Carrie, a Estranha (2013) – Doce e gracinha, Chloë Grace Moretz ficou a dever comparada à atuação de Sissy Spacek, no terror de 1976.

 

Continua após a publicidade

Publicidade