Imagem Blog

Pergunte ao Doutor

Por Blog
Continua após publicidade

Existem frituras menos prejudiciais à saúde que outras?

A nutróloga Ana Luisa Vilela responde

Por Sara Ferrari Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 19 jul 2017, 13h49 - Publicado em 19 jul 2017, 13h35

Se considerarmos que frituras são os salgadinhos em geral (coxinhas, bolinhas de queijo, risoles etc.), pastéis, batatas-fritas e tempurás, não existe um tipo mais saudável que outro. Para prepará-los, é necessário usar bastante óleo, e bem quente. Caso contrário, o prato não vai ficar “sequinho” e crocante.

E, de acordo com especialistas, uma das únicas maneiras de tornar um alimento frito menos prejudicial à saúde é usar pouca quantidade de óleo – um filete na panela, em média.

Então, o melhor é maneirar no consumo.

Ao fritar o alimento, parte dos nutrientes é perdida devido às inúmeras reações químicas que ele sofre. Nesse processo, sua estrutura também pode ser alterada.

“O óleo, se usado em excesso, pode transformar a comida em uma bomba calórica. Isso independe do tipo, ou seja: tanto faz se for de soja ou de girassol”, explica Ana Luisa Vilela, nutróloga especialista pelo Instituto Garrido de Obesidade e Gastroenterologia.

Continua após a publicidade

Se for submetido a altas temperaturas ou reaproveitado, o óleo também podem causar danos à saúde. Quando reutilizado, pode se tornar gordura transaturada, a famosa gordura trans.

“As gorduras são fundamentais para o funcionamento do organismo. O colesterol faz parte do metabolismo, sendo base hormonal importante. No entanto, em grande quantidade, aumenta extraordinariamente os riscos cardíacos, vasculares e a chance de obesidade, podendo levar a problemas de mobilidade e aumento risco de câncer”, complementa a especialista.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.