Imagem Blog

São Paulo nas Alturas

Por Raul Juste Lores
Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura
Continua após publicidade

Casa que é joia do brutalismo implora por algum uso

Antiga residência-escritório do arquiteto Hans Broos é uma ponte entre Morumbi e Paraisópolis

Por Raul Juste Lores
Atualizado em 30 ago 2019, 10h38 - Publicado em 30 ago 2019, 06h00

Uma joia do brutalismo implora por algum uso. A casa-escritório do arquiteto de origem alemã Hans Broos, no Morumbi, encontra-se vazia desde a morte dele, em 2011. Os jardins (que dominam os 2 500 metros quadrados do terreno) e os painéis de concreto do bar e da lareira são obra do amigo Burle Marx. Gay, sem herdeiros, Broos sonhava que a casa abrigasse uma escola de urbanismo.

Detalhes da construção de Broos (Raul Juste Lores/Veja SP)

Graças a abnegados pesquisadores, seu rico acervo está preservado. Broos projetou as sedes da Hering e da Faber-Castell, além de construções religiosas (como a Igreja de São Bonifácio, na Vila Mariana, e a Abadia de Santa Maria, no Tremembé). Vizinho a Paraisópolis, o imóvel seria ideal para um bom projeto social.

O rico acervo do arquiteto se mantém preservado (Raul Juste Lores/Veja SP)
Jardins e painéis projetados por Burle Marx (Raul Juste Lores/Veja SP)
Imóvel vizinho a Paraisópolis (Raul Juste Lores/Veja SP)

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 04 de setembro de 2019, edição nº 2650.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.