Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Uma entrevista em Brumadinho provocou polêmica no Mais Você

Uma entrevista com uma moradora incomodou muitos internautas nesta quinta (31)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 31 jan 2019, 12h44 - Publicado em 31 jan 2019, 10h39

Durante a semana, tem sido inevitável para o espectador acompanhar detalhes da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. Tanto no noticiário da Globo quanto em programas matutinos quanto o Bem Estar e o Encontro, o tema tem aparecido com frequência – e tem dominado a duração das atrações. A maior parte dos espectadores parece respondido bem ao clima de plantão ininterrupto. Mas, nesta quinta (31), a cobertura que o Mais Você fez do caso rendeu mais críticas que elogios nas redes sociais.

Enviado ao local da tragédia, o repórter Fabrício Battaglini parecia não ter muito conteúdo para preencher os mais de 30 minutos dedicados à cobertura. Ele entrou ao vivo de uma região onde moradores tentavam limpar terrenos atingidos pela lama. Mas, na falta de pessoas no local, Fabrício passou boa parte do tempo falando com uma moradora chamada dona Augusta, que lamentava o ocorrido e, em dois momentos, repetiu que estava “nas mãos de Deus, traumatizada”.

– O seu marido pediu para que a gente nem fosse conversar com ele, porque ele está traumatizado – disse ele, a certa altura.

Para piorar, antes da entrada ao vivo da cobertura, vazou uma risada que possivelmente teria vindo do estúdio do programa. Depois de um comentário de Ana Maria Braga sobre dona Augusta, ela voltou a ser entrevistada e a dizer novamente o que já havia dito. Insistente, o repórter tentou gritar uma pergunta ao marido da moradora, que não quis responder.

– Eu entendo a sua angústia, Fabrício. O homem angustiado com tudo o que tem visto. Continue o seu trabalho e a gente volta a se falar – completou Ana. Assista (a partir de 11:00):

https://www.youtube.com/watch?v=lTwG01ecEoA

Nas redes sociais, muitos se incomodaram com o tom do registro, acompanhado por música dramática. Confira os comentários:

Continua após a publicidade

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)