Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Justin Timberlake nem sempre foi classudo: relembre o passado do astro no *NSync

Há muito tempo, quando a vida era mais fácil e alegre, existia uma terra mágica e tranquila chamada anos 1990. Nela, boy bands como Backstreet Boys (saudades) e 5ive reinavam soberanas no coração de meninas e meninos. Entre tantas bandinhas que surgiram nesta década esquecida, o *NSync era uma das mais famosas. O frontman desse grupo […]

Por Tatiane Rosset Atualizado em 27 fev 2017, 11h15 - Publicado em 15 mar 2013, 18h04

Há muito tempo, quando a vida era mais fácil e alegre, existia uma terra mágica e tranquila chamada anos 1990. Nela, boy bands como Backstreet Boys (saudades) e 5ive reinavam soberanas no coração de meninas e meninos. Entre tantas bandinhas que surgiram nesta década esquecida, o *NSync era uma das mais famosas. O frontman desse grupo dos sonhos se chamava Justin Timberlake. Lembra dele?

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=IsUsVbTj2AY?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Pois bem – antes de Justin trazer o sexy de volta, te ensinar um pouco mais sobre amor e ser, provavelmente, um dos caras mais sensuais e desejados do mundo da música, existia um outro Justin. Um cara que não era classudo, nem tinha movimentos tão bons como esses do clipe acima – nos anos 1990, Justin era uma tragédia visual (e mesmo assim fez sucesso…). Para relembrar o muso Justin com cabelo de miojo e roupas largas e de gosto duvidoso, separamos os cinco piores (ou seriam os melhores?) clipes do *NSync!

Em nome do bom gosto e da nostalgia, vamos aos vencedores:

5º) I Want You Back (1998)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=JCrNRzSEvnY?feature=oembed&w=500&h=375%5D

De longe, o que eu mais sentimos falta dos anos 1990 são as dancinhas. Elas eram um mimo sem fim – divertidas, alegres, sincronizadas. E, justamente por isso, patéticas. Mas vamos às roupas: primeiramente, o basquete era um esporte popular para caramba nessa década por causa do Michael Jordan, provavelmente o maior jogador de todos os tempos. Então, no clipe, era necessário ter um uniforme de basquete três números maiores que o seu. E a polo de tecido cintilante? E a calça jeans larga – as pessoas não conheciam corte reto ou uma calça do tamanho certo?

4º) It’s Gonna Be Me (2000)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=GQMlWwIXg3M?feature=oembed&w=500&h=375%5D

Facilmente, o melhor vídeo do N’Sync de todos os tempos! Eles são bonecos competindo com Barbies e G.I. Joes para serem escolhidos pelos consumidores – e, para isso, eles fazem mais e mais dancinhas. Quem tinha uns 10 anos na época ensaiava muito na frente da tevê para aprender a fazer igual. Nessa fase, o cabelo do Justin estava maior e menos loiro – o que, com certeza, é um avanço. As roupas deles “humanos” não tem muito a ser criticadas – afinal, pretinho básico é pretinho básico. Mas e as roupas dos bonecos? Jeans lavado e manchado? Jaqueta jeans fazendo conjuntinho com a calça jeans? É de arrancar os olhos, de tão ruim…

3º) Tearing up my Heart (1998)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=_ZcmuKsyvzg?feature=oembed&w=500&h=375%5D

Continua após a publicidade

Essa música prova que é possível errar com uma camiseta branca e uma calça preta – sério, qual o problema desses meninos com calças do tamanho deles, e não três números maiores? Essa é mais uma da fase de cabelo amarelo do Justin. Reparem que, em uma das cenas, ele usa uma camisa azul com pregas e suspensórios. E a parte em que ele sensualiza de regata na cama? Não conseguimos nos convencer de que esse é o Justin de hoje, que toda mulher quer ter e todo homem que ser – deve ser algum irmão gêmeo do mal dele, que queria acabar com a sua carreira logo ali, no começo.

2º) This I Promise You (2000)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=6thmPrTxBtI?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Não vamos nem perder muito tempo neste clipe – afinal, por ser uma baladinha, não tem a coisa mais divertida, as dancinhas. Vamos focar apenas em Justin com essa blusa de gola alta (de novo, cinco números maior que o dele) e uma calça jeans normal e, surpreendentemente, de corte reto. O cabelo segue cheio e levemente pintado de dourado (dourado?). Mas e essa barbicha de quem tá tentando muito crescer uma barba descente e fica parecendo um bode? Corta isso de uma vez, Justin – você não tinha pelos faciais nessa época, corta logo.

1º) Pop (2001)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=TWZKw_MgUPI?feature=oembed&w=500&h=375%5D

Se os anos 1990 foram tristes, vocês não conseguem imaginar a tristeza da moda no começo do século XXI – era como se, com a chegada do novo milênio, todo mundo quisesse ser moderno usando tecidos que lembrem coisas tridimensionais. Mas, enfim… Esse é o melhor clipe da melhor música do *NSync sem dúvida nenhuma, e justamente por isso ele é nosso primeiro lugar! O último CD do grupo marca também o começo da transformação de Justin – o cabelo cheio virou um muito melhor raspado. Mas e a roupa? A camisa meio acetinada, a calça ainda cinquenta mil números e, ainda por cima, enfeitada com zipers e adesivos? E a munhequeira? Blusa vermelha regata por baixo, jura mesmo? E, no final, a camisa xadrezona vermelha com a calça azul royal? Vamos parar por aqui…

Mas, todos nós cometemos erros no passado, certo? Ainda mais quando o assunto é roupa. Mas ainda bem que JT descobriu o problemas e veio pulando de 1990 para 2013! Todos agradecem…

Continue trazendo o sexy de volta, Justin – apesar que você já conseguiu. Nós te amamos! E  o Pop! Pop! Pop! vai falar apenas uma coisa sobre o CD novo de JT, The 20/20 Experience: é perfeito do começo ao fim.

+ Leia mais novidades do blog Pop! Pop! Pop!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)