Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Família muda nome da filha de três meses de idade por um motivo muito curioso

Nativos de Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos, a família Kessler é bastante convencional: o casal Carri e Will Kessler são pais de duas adoráveis garotinhas, a pequena Hadley, de 3 anos de idade e a filha mais velha do clã, e Margot, de apenas 4 meses. O nome da menina mais nova, no entanto, chama atenção por um motivo especial. + […]

Por VEJASP
Atualizado em 26 fev 2017, 10h51 - Publicado em 11 ago 2016, 19h51

01

Nativos de Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos, a família Kessler é bastante convencional: o casal Carri Will Kessler são pais de duas adoráveis garotinhas, a pequena Hadley, de 3 anos de idade e a filha mais velha do clã, e Margot, de apenas 4 meses. O nome da menina mais nova, no entanto, chama atenção por um motivo especial.

+ Os brasileiros já escolheram um atleta olímpico favorito: a ginasta Flavia Saraiva
+ Áudio do SporTV vaza e apresentadores são flagrados comparando canais da Globo

Pelos primeiros três meses de sua vida, a pequena Margot na verdade se chamava Ottilie, um nome de origem alemã e bastante incomum. “Sim, era um pouco único, mas tão bonito. Uma colega que morou no Reino Unido se chamava Ottilie e eu amei desde o primeiro dia que eu o ouvi“, contou Carri Kessler ao BuzzFeed.

Continua após a publicidade

Apesar de bonito e único, o nome da pequena Ottilie apresentava alguns problemas: o pior deles, era que os americanos não pronunciavam ele da maneira esperada. De acordo com a mamãe, ela esperava que os seus amigos e colegas falassem o nome da bebê com o “t” mais em destaque, afiado, como é pronunciado no Reino Unido. No inglês americano, o “t” soa como “d”, o que não era certo: “Aparentemente, nós não dissemos o nome da criança alto o suficiente antes dela nascer, por que só percebemos o problema quando começamos a apresentá-la para as pessoas“, comentou a mulher.

03

A menininha que deveria se chamara “Ottilie” começou a ser chamada pelos amigos dos pais de… “Oddily”: “Honestamente, nos Estados Unidos não era o mesmo nome do que no Reino Unido. Quem diria?“, desabafou a mulher. Além da pronuncia, as pessoas começaram a chamá-la simplesmente de “o bebê”. O desapego começou a incomodar o casal, mas a gota d’água foi durante uma visita ao médico, quando a enfermeira também pronunciou o nome da maneira incorreta.

Continua após a publicidade

Eu achei que seria um problema que ela enfrentaria a vida inteira, então achei que seria melhor se nós pudéssemos fazer algo a respeito. Eu falei sobre o assunto com o meu marido e ele aprovou a ideia na hora“, comentou a mulher. Eles então passaram duas semanas pensando no nome perfeito, até que chegaram a Margot Mae.

02

O casal estava preocupado com a reação das pessoas, com medo de serem taxados de loucos: “Mas parecia a decisão certa“, garantiu Carri. Eles enviaram e-mails e mensagens para os amigos para avisar sobre a mudança. “Eu incluí uma foto super fofa da Margot para distraí-los de toda a loucura e a resposta foi muito positiva“, comentou a mulher.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da curiosa história da família Kessler? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.