Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Fã fantasiada na Comic Con se revolta contra repórteres do Pânico e faz desabafo na internet

A Comic Con Experience, que reuniu cerca de 100.000 fãs de cultura pop em São Paulo até domingo (6), virou assunto obrigatório na mídia. Muitos deram destaque aos fãs que, fantasiados de personagens de quadrinhos ou do cinema, chamam a atenção de quem visita o evento. Uma dessas “cosplayers“, no entanto, acabou passando por uma experiência nada agradável ao dar uma […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 13h56 - Publicado em 7 dez 2015, 14h21

cosplayerpanico

A Comic Con Experience, que reuniu cerca de 100.000 fãs de cultura pop em São Paulo até domingo (6), virou assunto obrigatório na mídia. Muitos deram destaque aos fãs que, fantasiados de personagens de quadrinhos ou do cinema, chamam a atenção de quem visita o evento. Uma dessas “cosplayers“, no entanto, acabou passando por uma experiência nada agradável ao dar uma entrevista ao Pânico, da Band.

+ Mulher faz desabafo na página de Adele e vira fenômeno no Facebook

O quadro apresentado por Lucas Maciel e pela panicat Aline Mineiro tinha a intenção de “causar com os nerds”. Mas rendeu constrangimento quando uma das frequentadoras da Comic Con, vestida da personagem StarFire, de Os Jovens Titãs, foi lambida pelo repórter. Assista ao vídeo, que provocou falatório na web quando foi exibido, ontem (6):

Pouco depois do caso, a jovem, que se identifica como Myo Tsubasa, escreveu um desabafo no Facebook. Confira:

“Venho aqui depois de um dia ultra cansativo na CCXP, INFELIZMENTE fazendo uma postagem de extremo desgosto. Mas não é com o evento! Meu desgosto é com a equipe da band que fazia a cobertura do evento filmando, sei lá eu se era ao vivo ou não.

Estava andando com um amigo que encontrei de Robin, e estávamos próximos à entrada do evento. Gente, hoje é sábado, quem foi sabe que tava empacotado de lotado, e quem não foi deve imaginar. Eu já estava passando mal mesmo de calor (motivo pelo qual tirei o cosplay super cedo, mas vou usá-lo amanhã de novo). Beleza.

Me aparece um homem e uma menina, caracterizados já de uma forma ridícula, e nos PUXAM com a maior grosseria do mundo, sem nos perguntar se queríamos dar alguma entrevista ou fazer aparição, simplesmente nos agarraram grosseiramente pra frente de uma câmera com uma luz absurda de intensa já na nossa cara.

Lembrando que: eu passei 3 horas me vestindo nesse cosplay, eu estava INTEIRAMENTE pintada de laranja, com a SCLERA que já doia o olho etc. todos que tiraram fotos comigo, e foi gente PRA CACETE, eu só pedia para não encostar na minha pele por conta da tinta. Simples: não queria suja-los, e nem que minha tinta saísse.

Acontece que meu amigo já demonstrava sinais de desconforto com isso, e ele não conseguia se largar do sujeito nojento enquanto a menina me agarrava. Falaram besteiras para ele das quais não me lembro direito, mas aí quando aí a menina começou a perguntar sobre meu cosplay, já num tom de deboche. Perguntou quem era, e eu respondi: Estelar, dos Jovens Titãs, na maior boa possível, sorrindo pra câmera.

Então eles me pedem para ir um pouco à frente e dar uma “giradinha” pra câmera, o que eu fiz sem cerimônia. E aí recebi o seguinte comentário do SUÍNO que estava agarrando meu amigo:

“Parece aqueles bronzeados artificiais de panycat quando dá errado” Aí minha paciência já estava quase no zero, se já não estava.

Tentei relevar, até que NOVAMENTE, A CRIATURA IGNÓBIL ME DÁ UMA DEDADA NA MINHA PELE PRA TIRAR MINHA TINTA, E LOGO EM SEGUIDA METE A LÍNGUA NOJENTA EM MIM. ME LAMBEU.

Não tem palavras que descrevam o ódio e o nojo que me bateram na hora. Que coisa escrota, repugnante. Invasão de privacidade, falta de respeito. NOJO.

Só digo uma coisa: depois dessa e da UOL, Já tá na cara que devemos EXCLUIR esse tipo de mídia de eventos e afins. Não damos duro e nos dedicamos pra quando queremos nos divertir, recebermos esse tipo de gente no espaço que foi feito para nós.

Amanhã estarei lá novamente de Estelar, e se eu ver nem que se for a sombra desses sujeitos, desço o caralho em ambos.
Fica minha indignação.”

fafantasiada

A situação foi notada nas redes sociais. Veja a repercussão:

O Omelete Group, que organiza o evento, publicou uma nota de repúdio ao Pânico e baniu o programa de coberturas das próximas edições. “Assédio e desrespeito não serão aceitos”, informaram. Leia o texto na íntegra.

Brincadeira de mau gosto? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês