Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Deborah Secco fala sobre fantasias sexuais e casamento aberto há nove anos

"Quando me chamo de piranha é no melhor dos sentidos", brinca

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
5 jul 2023, 14h04

A atriz Deborah Secco não economizou palavras para falar sobre como funciona seu casamento com Hugo Moura, com quem está há nove anos e tem a filha Maria Flor. O papo rolou com a apresentadora e chef Paolla Carosella no programa Alma de Cozinheira, do GNT, e com a ex-BBB e influenciadora Camilla de Lucas.

+Acusada de capacitismo, Claudia Raia pede desculpas

A atriz fez diversas revelações íntimas e contou que, no sexo, já interpretou papéis diferentes para o marido, como a virgem, a médica, a massagista e a policial. Ela revelou também que se achava “piranha” antes de casar. “Eu me apaixonava muito, o que mais gostava era estar apaixonada, criava paixões, já tinha nome de filhos, dizia que a gente ia casar. Comprava presentes. Eu amava esse estado da paixão e, às vezes, durava pouco. Quando me chamo de piranha é no melhor dos sentidos.”

Deborah explicou que o casamento aberto funciona de acordo com a fase que o casal está enfrentando. “A gente recicla os nossos combinados. Tem pactos, recombina, não dá certo, volta atrás. Já abri o casamento, fechei o casamento, já teve mais ou menos, a gente se entende. Se a gente está desconectado, melhor não ter a relação tão aberta e vamos nos reconectar.”

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.