Imagem Blog

Pop! Pop! Pop! Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Comentarista da GloboNews se irrita com colega: ‘Você está rindo’

Gerson Camarotti e Demétrio Magnoli protagonizaram momento tenso nesta terça-feira (28)

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 28 nov 2023, 18h30 - Publicado em 28 nov 2023, 17h34

Uma discussão entre comentaristas do Em Pauta (GloboNews), nesta terça-feira (28), esquentou os ânimos no jornal. Os jornalistas Gerson Camarotti e Demétrio Magnoli entraram em atrito ao debater sobre a indicação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, para o Supremo Tribunal Federal (STF).

+ Chamada de ‘maconheira’, Janja perde processo contra Jovem Pan

Camarotti defendia que a indicação de Dino era por notório saber quando foi interrompido pelo colega. “Cargo não é notório saber, Camarotti. Cargo é uma indicação política”, disse Demétrio rindo. 

Gerson Camarotti, então, questionou a atitude do colega: “Você desconsiderar com todo o seu olhar alegre. Você está rindo”. Após Demétrio interromper o comentarista outra vez, o âncora Marcelo Cosme teve que mediar a situação. “Ele fica com um olhar irônico. É chato isso, Demétrio. Se você não quiser ouvir, então, fale”, continuou Camarotti. 

“Veja, Camarotti, um cargo de indicação política é um cargo de indicação política. Notório saber é outra coisa. Indicação política se dá por lealdade política, por alinhamento político e pelo fato de se compartilhar uma certa visão política. Não há nenhum preconceito meu com indicação política, estou apenas distinguindo”, justificou Demétrio Magnoli. 

Continua após a publicidade

No final, Gerson Camarotti conseguiu finalizar sua fala: “Você está desconsiderando alguém que foi o primeiro da prova de um dos concursos jurídicos mais difíceis, o da Justiça Federal. Se você quer desconsiderar todo o trabalho, a vivência dele como juiz federal, integrante da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, e como ministro da Justiça, então, você desconsidera”. 

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.