Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Jovem que não sabia que estava grávida dá à luz 45 minutos após acordar

Emmalouise Leggate, uma adolescente de 18 anos de idade, nem suspeitava que estava grávida quando foi dormir

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 4 abr 2019, 15h03 - Publicado em 4 abr 2019, 13h04

Emmalouise Leggate, uma adolescente de 18 anos de idade, nem suspeitava que estava grávida — mas, depois de uma boa noite de sono, a jovem acordou com uma “barriguinha” e deu à luz uma menina apenas 45 minutos depois. A mulher foi levada às pressas para o hospital pela avó, Louise Ford, de 63 anos de idade, mas o parto aconteceu tão rápido que a pequena Ciara Louise Lamont nasceu no estacionamento do centro médico.

A adolescente alega que estava tomando anticoncepcional e que não fazia ideia que estava grávida do segundo filho. Não enfrentou enjoos matinais ou desejo por comidas diferentonas — e muito menos sentiu a pequena Ciara chutar sua barriga.

Apesar de não ter menstruado, a Emmalouise acreditava que a ausência de um ciclo era um sintoma do uso constante de anticoncepcionais. Após o nascimento da bebê, médicos revelaram que a gestação durou os nove meses. E a falta de uma “barriguinha”? Médicos acreditam que foi por causa da posição da criança. “Eu estava em choque, não parecia real”, contou Emmalouise. A jovem e o parceiro, Sean Lamont, de 19 anos de idade, estão felizes pela chegada da segunda filha.

“Eu não fiz um teste de gravidez porque não tinha nenhum tipo de sintoma, nada. Os médicos não conseguiam explicar por que eu não tinha uma barriguinha“, relembrou a mamãe ao Daily Mirror. Nem o ganho de peso alertou Emmalouise para uma possível gestação: “O peso estava espalhado pelo meu corpo, mais concentrado nos meus braços, pernas e rosto. O meu estômago nunca cresceu”.

“Mas eu dei à luz Ciara. Foi um parto muito rápido!”, relembrou a mulher. O nome do meio de Ciara, Louise, é uma homenagem à bisavó da menina, que correu com Emmalouise para o hospital após o susto. “Quando eu entrei no carro, as minhas contrações começaram e a minha bolsa d’água estourou”.

Continua após a publicidade

A preocupação de Emmalouise, no entanto, era pela saúde da filha: “Eu estava em pânico pela saúde de Ciara, mas ela nasceu perfeita. A minha avó desenvolveu um laço especial com ela. Costumo dizer que tudo acontece por um motivo. Eu dei à luz no estacionamento porque precisava estar com a minha avó”. Mãe e filha permaneceram no hospital por mais dois dias após o parto, mas foram liberadas após os médicos fazerem alguns exames.

A família está feliz com a chegada de Ciara, mas Emmalouise e Sean decidiram que não querem mais nenhum tipo de “surpresas”. “Eu tenho apenas 19 anos de idade e dois filhos. Felizmente, a minha menina mais velha está apaixonada por Ciara. É uma surpresa, como elas estão se dando bem. Ela é uma irmã mais velha muito protetora. É a melhor coisa que poderia ter acontecido, mas nós não queremos mais filhos. Chega de bebês surpresa, obrigada!”.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história inusitada? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.