Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Memória Por Blog Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.

Documentário narra a história do São Paulo Futebol Clube

Recém-lançado nos cinemas, o longa-metragem conta desde a fundação do clube até a construção do estádio atual

Por Guilherme Queiroz 16 nov 2018, 06h00

Com muitas imagens de arquivo, o documentário Onde a Moeda cai em Pé — a História do São Paulo Futebol Clube está em cartaz nos cinemas desde o início do mês. O longa-metragem narra a trajetória do tricolor paulistano a partir de sua fundação e inclui depoimentos de atletas que defenderam as cores do clube — como o ex-goleiro Rogério Ceni, o ex-meia e atual diretor de futebol Raí e o ex-boxeador Eder Jofre — e de torcedores célebres — como o compositor Nando Reis e o ator Lima Duarte.

Inauguração da sede na Liberdade, em 1936 Arquivo histórico SPFC/Divulgação

A história do São Paulo começou em 1930, após a união de ex-membros do Athlético Paulistano e da Associação Atlética das Palmeiras. Logo em seus primeiros anos, o tricolor contou com uma das principais estrelas do futebol brasileiro, o atacante Arthur Friedenreich, conhecido como El Tigre. O primeiro título veio em 1931, no Paulistão. Em 1934, no entanto, por causa de dissidências políticas entre os fundadores, que envolviam o início da profissionalização da modalidade no país, a equipe foi extinta, e sua parte administrativa acabou incorporada ao Clube de Regatas Tietê-São Paulo. Um ano depois, ex-sócios decidiram refundar a agremiação. A nova sede era em um apertado porão alugado na Praça Carlos Gomes, no bairro da Liberdade.

Construção do Estádio do Morumbi, em 1952 Arquivo histórico SPFC/Divulgação

Os anos após o ressurgimento foram de muita dificuldade, principalmente por causa do orçamento curto. Nessa época, a equipe treinava em campos emprestados e por vezes em um terreno nos fundos da Igreja da Consolação. A primeira sede social surgiu em 1942, onde hoje fica o Estádio do Canindé, às margens do Rio Tietê, na Zona Norte. Nesse local, o clube montou um complexo esportivo para diversas modalidades. No atletismo, o principal nome foi Adhemar Ferreira da Silva, dono de duas medalhas de ouro na Olimpíada de Helsinque 1952 e na de Melbourne 1956, conquis- tas até hoje homenageadas com as duas estrelas douradas acima do escudo do time. O projeto de mudança para o Morumbi começou em 1952, quando o clube adquiriu um terreno em uma área deserta da região. O estádio foi inaugurado em 1960, com uma vitória por 1 a 0 contra o Sporting Clube, de Portugal, diante de 65 000 pessoas.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês