Imagem Blog

Memória

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.
Continua após publicidade

Relembre o desenho ‘Carangos e Motocas’

O clássico da animação veio muito antes de 'Carros', da Pixar

Por Roosevelt Garcia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 jun 2018, 17h40 - Publicado em 15 jun 2018, 17h39

Quando surgiu o filme de animação Carros, da Pixar, em 2006, a primeira coisa que os mais velhos pensaram, eu incluído, foi “Que falta de ideias! Isso aí é cópia de Carangos e Motocas!“. Na verdade, Carros é um filme maravilhoso, tanto pelo roteiro quanto pela execução, mas mesmo assim, a ideia de carros falantes nos remete a esse desenho da Hanna-Barbera dos anos 70, um grande sucesso entre as crianças da época.

Wheelie é um fusquinha vermelho boa-praça (pra citar uma gíria da época), que está sempre pronto a ajudar os outros. Ele tem uma namorada que é uma graça, a Roda (ou Rota, como aparece em alguns lugares). Acontece que uma gang de motos vive querendo atrapalhar a vida no simpático carrinho. É a Turma do Chapa, composta de quatro motos que tentam manter seu rótulo de rebeldes sem causa, mas são muito engraçados.

Chapa, o chefão, é quem dita as regras. Ele fala grosso e tenta impor sua vontade aos demais. O desparafusado Avesso confunde frases inteiras, e frequentemente repete três ou quatro vezes até acertar todas as palavras. Risada é o mais alto de todos, e acha graça em tudo, até nas situações em que eles se dão mal, ou seja, sempre! Confuso é uma mini-moto, que tenta prevenir os outros de que os planos não darão certo, o que invariavelmente acontece. Nesse momento, Confuso fala o bordão mais conhecido da série: “Eu te disse, eu te disse”.

A Turma do Chapa (Hanna-Barbera/Divulgação)

A caprichada dublagem brasileira, feita pela Herbert Richers, torna a Turma do Chapa ainda mais engraçada. Adaptações de gírias da época bem colocadas nas frases dos personagens tornaram essa tradução especialmente bem feita. Recentemente, esta série ganhou uma nova dublagem, que pra variar, é desesperadamente inferior à original.

Veja a abertura e um trecho da série com dublagem original

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.