Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

As melhores séries de TV lançadas em 2021

Histórias de suspense e romance e outras leves ou baseadas em fatos: um pouco de tudo!

Por Barbara Demerov
Atualizado em 30 dez 2021, 14h05 - Publicado em 28 dez 2021, 08h00

Assim como no cinema, 2021 foi um ano memorável na televisão. Diversas produções nacionais e internacionais marcaram presença ao longo dos meses e, dentre os destaques, estão séries inéditas e outras que, felizmente, retomaram com novas temporadas.

Abaixo, falo sobre as dez séries que mais gostei de assistir ao longo deste ano. Sem ordem de preferência – afinal, dentre gêneros como comédia, romance, drama e terror, todas me surpreenderam de formas diferentes.

A VIDA SEXUAL DAS UNIVERSITÁRIAS

Imagem mostra quatro meninas posando e sorrindo para a câmera em uma biblioteca. Ao fundo, uma estande de livros.
Quatro amigas dividem apartamento e experiências em A Vida Sexual das Universitárias. (HBO Max/Divulgação)

Kimberly (Pauline Chalamet), Bela (Amrit Kaur), Leighton (Reneé Rapp) e Whitney (Alyah Chanelle Scott) formam o grupo mais carismático que vi na telinha em um bom tempo. Na série de Mindy Kaling, elas se conhecem logo no primeiro dia ao descobrir que vão dividir o mesmo espaço por um longo tempo, mas não demoram para perceber que a nova rotina trará muitos aprendizados. Com 10 episódios de 30 minutos, o roteiro afiado aborda romance, identidade própria, preconceito, amizade e abuso com delicadeza e humor pontual. Na HBO Max.

HACKS

A imagem mostra Jean Smart no papel de Deborah Vance. Eles vete roupas chique enquanto está sentado em uma mesa de restaurante.
Hacks: disponível na HBO Max (HBO Max/Divulgação)

Um espetáculo de comédia, drama e ironia — três estilos que poderiam não funcionar tão bem juntos, mas que entram em total sintonia. O choque de diferenças dá certo porque a produção possui um roteiro ágil e consistente, que apresenta sem delongas Deborah Vance (a excelente Jean Smart), comediante veterana de stand-up, e Ava (Hannah Einbinder), jovem roteirista que acaba de ser “cancelada” devido a uma publicação na internet. Ambas dividem o mesmo agente e, por causa de uma atitude apressada dele em ajudar Ava, as mulheres passam a trabalhar juntas. Mas a parceria não é um mar de rosas e esse é o cenário perfeito para as duas atrizes brilharem. Na HBO Max.

MANHÃS DE SETEMBRO

A imagem mostra Liniker e Gustavo Coelho em uma varanda de uma casa. A visão é de dentro da cara para os dois depois da janela.
Liniker e Gustavo Coelho: família inesperada (Divulgação/Divulgação)

Uma série cativante que possui São Paulo como personagem. A cantora e compositora Liniker estrela a produção como Cassandra, mulher trans que sempre sonhou em alugar um apartamento e viver sua liberdade. Mas, quando finalmente começa a sentir o gosto da conquista, sua vida toma um rumo inesperado. Leide (Karine Teles), antigo romance de Cassandra, reaparece após dez anos e afirma que seu filho, Gersinho (Gustavo Coelho), é fruto desse relacionamento. Ao longo dos cinco episódios de trinta minutos cada um, o espectador acompanha o novo dia a dia de Cassandra, já que ela não pode dar as costas ao passado. No Amazon Prime Video.

MISSA DA MEIA-NOITE

A imagem mostra uma mulher e um homem caminhando em uma rua de terra, entre várias casas. Ele olha para ela, que está olhando para cima. Ambos com um pequeno sorriso.
Na série, uma ilha é o palco para eventos macabros e diálogos existenciais (Netflix/Divulgação)

A minissérie da Netflix dirigida por Mike Flanagan, não só é uma boa opção para maratonar no streaming como também é a prova mais recente do impressionante trabalho do diretor (que assina a A Maldição da Mansão Bly) em combinar terror com drama. Os sete episódios desenvolvem temas como perdão e fé, ao mesmo tempo que se aprofundam progressivamente em elementos sobrenaturais. Os sustos não são poucos, mas vale muito a pena passar por essa experiência.

Continua após a publicidade

WANDAVISION

Paul Bettany e Elizabeth Olsen em cena de Wandavision
WandaVision: a Marvel na TV (Divulgação/Divulgação)

Reconhecida em premiações da TV norte-americana, a série do Disney+ é um deleite para os fãs da Marvel e um acerto do estúdio em humanizar seus heróis. Wanda (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) vivem juntos em uma espécie de universo paralelo que se passa dentro de programas da era clássica e contemporânea da TV, mas claramente algo de errado está acontecendo por trás das imagens coloridas e perfeitas. Elizabeth e Paul encarnam seus personagens com bastante intensidade, o que só fortalece o drama da produção.

MAID

A imagem mostra uma jovem com sua filha em seus ombros, em uma floresta
Em Maid, uma jovem mãe se liberta de um relacionamento abusivo (Ricardo Hubbs/Divulgação)

Maid aborda a incansável jornada de uma jovem mãe chamada Alex (Margaret Qualley). Presa em um relacionamento abusivo mas disposta a mudar sua realidade, a protagonista parte em busca de sua liberdade emocional e estabilidade financeira ao lado de Maddy, sua filha de três anos. Mas esse percurso não é nada fácil. Afinal, sair da zona de manipulação em um relacionamento é, no mínimo, desafiador. Desde a abordagem crua da narrativa (que literalmente se inicia com Alex fugindo do trailer onde morava com o companheiro) até as reviravoltas apresentadas, Maid acaba por ser um grande serviço social. Acompanhar a jornada realista de Alex no formato de uma maratona pode não ser tão divertido, mas algumas lições e reflexões certamente não sairão de sua mente tão cedo. Na Netflix.

ONLY MURDERS IN THE BUILDING

Steve Martin, Martin Short e Selena Gomez
Selena Gomez retorna às telinhas em série do Star+ (Star+/Divulgação)

Uma das novidades mais divertidas e sagazes da televisão em 2021, a produção foi criada pelo ator Steve Martin ao lado de John Hoffman e acompanha três vizinhos em uma investigação inusitada. Tudo começa quando Tim Kono (Julian Chi), misterioso morador do prédio onde moram em Manhattan, é encontrado morto em seu apartamento. O trio não acredita que o caso deve ser resumido a um simples suicídio e passa a tentar encontrar informações. Mas, como nem mesmo a polícia se interessa em explorar a ocorrência a fundo, Charles-Haden (Martin), Oliver (Short) e Mabel (Selena Gomez) não são levados a sério por ninguém. Divertida e instigante nas medidas certas! No Star+.

SUCCESSION

A imagem mostra diversos personagens se entreolhando
Succession: tensão na família Roy (HBO Max/Divulgação)

A 3ª temporada do grande sucesso contemporâneo da HBO trouxe ainda mais tensão à família Roy, dona de um conglomerado de mídia nos EUA. Os desafios de Logan (Brian Cox) e seus filhos estão cada vez mais pessoais, sobretudo pela ambição dos herdeiros e as artimanhas que o patriarca utiliza para se manter no topo dos negócios. Como o esperado, as atuações do talentoso elenco são o maior atrativo da série – e estão realmente acentuadas devido aos conflitos diretos, ameaças e ações marcantes.

O CASO EVANDRO

A imagem mostra Marcineiro sentado, com os braços cruzados, olhando para frente com a expressão séria
Osvaldo Marcineiro: um dos principais suspeitos do caso nunca teve a participação no crime comprovada (Globo/Divulgação)

A produção nacional do Globoplay narra em detalhes um crime que ainda não foi solucionado e chocou o Brasil. Através da detalhada apuração feita por Ivan Mizanzuk em seu podcast Projeto Humanos, o caso do menino Evandro Ramos Caetano (assassinado aos seis anos de idade no Paraná) ganhou episódios documentais. Evandro desapareceu e foi encontrado morto em abril de 1992. Em julho daquele ano, sete pessoas foram presas e confessaram que usaram o menino em um ritual macabro. Mas o caso estava longe de ser encerrado e até hoje traz questões intrigantes. A série aborda as consequências do julgamento dos suspeitos e muito mais.

Continua após a publicidade

MARE OF EASTTOWN

A atriz Kate Winslet protagoniza Mare of Easttown
Kate Winslet protagoniza Mare of Easttown (Divulgação/Divulgação)

A minissérie disponível na HBO pode parecer apenas mais uma produção ficcional sobre crimes em um primeiro olhar, mas surpreende ao avançar este terreno para tocar em dramas pessoais. Os capítulos desenvolvem questões paralelas a um caso central, que acaba por ser o assassinato de uma jovem mãe em um pacato subúrbio próximo da Filadélfia. Kate Winslet brilha no papel principal e entrega uma das melhores atuações de sua carreira.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.