Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Cidade das Crianças Por Blog Os melhores programas para as crianças e a família espalhados por São Paulo. Por Júlia Rodrigues (julia.rodrigues@abril.com.br)

Teatro Viradalata apresenta quatro musicais de Vitor Rocha

Entre as peças da mostra, está "Cargas D'Água — Um Musical de Bolso", sucesso do autor que teve montagens em Nova York e Londres em 2019

Por Júlia Rodrigues Atualizado em 20 jan 2022, 12h11 - Publicado em 21 jan 2022, 06h00

Autor de musicais desde os 19 anos, o mineiro Vitor Rocha, 24, põe em cartaz quatro deles simultaneamente, entre quinta (27) e 20 de fevereiro, no Teatro Viradalata. Essa é a Mostra de Teatro Musical Autoral Arte É Progresso, em que o dramaturgo recupera alguns de seus sucessos. “Uma das ideias era unir o público de cada uma das montagens em uma só”, diz o autor, que levou o prêmio Bibi Ferreira na categoria revelação em 2018. Ele garante: a mostra pode agradar a toda a família. “Os espetáculos têm camadas de profundidade dentro da poética de cada um deles, que cada faixa etária interpreta de um modo”, explica.

+O professor que encarna o Pikachu na Liberdade: “Já consegui tirar 9 000 reais”

Cargas D’Água — Um Musical de Bolso, que em 2019 ganhou versão em inglês e passou por palcos de Nova York e Londres, inaugura a temporada, às quintas. O musical mergulha no interior de Minas Gerais e conta a saga de Moleque (alternam-se no papel Gustavo Mazzei e André Torquato), um menino que esqueceu seu nome e tenta atravessar o país para levar seu amigo, um peixe, até o mar. No caminho, encontra dois artistas vividos por Ana Paula Villar e Rocha (que, além de autor, produtor e compositor, também atua), que o ajudam a dar sentido à jornada.

Uma atriz encena no palco. Veste um vestido branco e tem as mãos juntas em frente ao peito.
Ana Paula Villar: em “Cargas D’Água”. Victor Miranda/Divulgação

Aos sábados, O Mágico di Ó — O Clássico em Forma de Cordel promete encantar os pequenos com a adaptação da conhecida história à realidade dos retirantes nordestinos. Nela, Dorothy é Maria Dorotéia (Luiza Porto), o Espantalho é Mamulengo (Elton Towersey) e o Homem de Lata é Cabra-de-Lata (Lui Vizotto).

+Rainha da ZL: Um rolê com Gloria Groove pela Vila Formosa, onde ainda mora

Continua após a publicidade

A peça dos domingos, Bom Dia sem Companhia, criada durante a quarentena, costuma atrair mais jovens adultos. Traz de volta a nostalgia dos programas infantis da década de 90 ao abordar a relação entre dois ex-apresentadores mirins que precisam se reencontrar depois de adultos. Se Essa Lua Fosse Minha, às sextas, é uma tragédia que usa o folclore e cantigas de roda para narrar conflitos entre dois povos rivais que dividem a terra imaginária de Porto Leste. É necessário apresentar a carteira de vacinação contra a Covid-19. Livre (Cargas D’Água e O Mágico di Ó) e 12 anos (Se Essa Lua Fosse Minha e Bom Dia sem Companhia).

Teatro Viradalata. Rua Apinajés, 1387, Perdizes. ☎ 3868-2535. ♿ De 27 de janeiro a 20 de fevereiro. Qui. a dom., 20h30. R$ 60,00. sympla.com.br.

+Assine a Vejinha a partir de 12,90. 

Publicado em VEJA São Paulo de 26 de janeiro de 2022, edição nº 2773

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês