Imagem Blog

Cidade das Crianças

Por Blog
Os melhores programas para as crianças e a família espalhados por São Paulo. Por Beatriz Imagure (beatriz.imagure@abril.com.br)
Continua após publicidade

Lollapalooza também é um programão para crianças

A ideia partiu do próprio criador do festival, Perry Farrell, que, com propriedade, defendeu que não existem muitas opções de programas que incluem pais e filhos. Foi a partir dessa ideia de união que nasceu o Kidzapalooza, uma espécie de festival paralelo que tem shows e atividades musicais para os pequenos. Com um detalhe bem […]

Por Tiago Faria Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 26 fev 2017, 22h35 - Publicado em 7 mar 2014, 21h21

lolla1

A ideia partiu do próprio criador do festival, Perry Farrell, que, com propriedade, defendeu que não existem muitas opções de programas que incluem pais e filhos. Foi a partir dessa ideia de união que nasceu o Kidzapalooza, uma espécie de festival paralelo que tem shows e atividades musicais para os pequenos. Com um detalhe bem interessante: os expectadores de 5 a dez anos não pagam ingresso (já os menores não podem entrar e, a partir desta faixa de idade, pagam normalmente).

Como criança não combina muito com multidão, a organização espertamente separou os dois festivais, inclusive fisicamente. A entrada das crianças para Kidzapalooza será feita por um portão diferente e, apesar de ainda não ter fornecido mais detalhes, a assessoria do festival garante que haverá infraestrutura e comercialização de bebidas e alimentos pensados para atender os menores.

O line-up já está confirmado, com shows do Barbatuques (dia 6) e do Coisinha (dia 5), projeto criado pelo músico China (junto com os integrantes do Mombojó) que resgata canções infantis que marcaram época, de grupos como Balão Mágico e Trem da Alegria, num set list que também inclui músicas do cancioneiro popular. Os horários dos shows devem ser divulgados na semana que vem.

Além das apresentações, haverá um workshop de experimentação de instrumentos musicais coordenado por Julien Oliveira, professora de musicalização infantil e piano erudito do Conservatório Souza Lima. As crianças ainda vão poder participar de um sorteio de bolsas de estudos no conservatório e uma banda formada por adolescentes que estudam música também deve se apresentar com covers e canções próprias.

Continua após a publicidade

lolla2

Atenção para detalhes importantes: apesar da gratuidade da entrada das crianças (que até os 14 anos devem obrigatoriamente estar acompanhadas de seus responsáveis), os adultos pagam a tabela cheia do festival. Para facilitar o percurso até os palcos adultos, deve haver serviço de transfer em vans e um sistema de identificação para os pais que preferirem deixar o filho em casa com a vovó antes de encarar atrações como New Order, Phoenix ou ótimo Disclosure.

(Fotos: divulgação)

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.