Imagem Blog

Cidade das Crianças

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Os melhores programas para as crianças e a família espalhados por São Paulo. Por Beatriz Imagure (beatriz.imagure@abril.com.br)
Continua após publicidade

Batalha dos Planetários: Ibirapuera x Carmo

Visitamos os dois programas reinaugurados este ano e avaliamos o que é mais bacana em cada um As semelhanças são muitas, ambos falam sobre as estrelas, passaram por longas reformas – e voltaram para o roteiro da capital neste primeiro semestre de 2016. Se você está em dúvida sobre qual é mais legal de visitar […]

Por VEJA SÃO PAULO
Atualizado em 26 fev 2017, 13h24 - Publicado em 28 Maio 2016, 21h51
O local tem capacidade para 320 pessoas (Foto: Ricardo D’angelo)

O local tem capacidade para 320 pessoas (Foto: Ricardo D’Angelo)

Visitamos os dois programas reinaugurados este ano e avaliamos o que é mais bacana em cada um

As semelhanças são muitas, ambos falam sobre as estrelas, passaram por longas reformas – e voltaram para o roteiro da capital neste primeiro semestre de 2016. Se você está em dúvida sobre qual é mais legal de visitar ou então se as crianças vão gostar, este post deve te ajudar bastante. Prontos para viagem espacial?

+ Jogue melhor no Escape 60 com essas dicas

Localização

Se você está acostumado a andar pelo Parque do Carmo, não encontrará problemas para estar logo ao lado do Planetário. Se é novato na região, prefira chegar até lá pelo lado de fora do parque, de carro ou de ônibus – os caminhos por dentro farão você andar bastante #nãocurti.

No Parque do Ibirapuera, a melhor pedida é entrar pelo portão 3. Depois disso, basta buscar uma indicação lá dentro.  Dica: a inconfundível cúpula é bem fácil de achar.

É fácil encontrar o Planetário do Parque do Carmo quando você se localiza pela alta cúpula (Foto: Mariana Rosário/Veja São Paulo)

É fácil encontrar o Planetário do Parque do Carmo quando você se localiza pela alta cúpula (Foto: Mariana Rosário/Veja São Paulo)

Cheguei. E agora?

Ambos costumam ter certa filinha na entrada. Vale a pena chegar mais cedo. E fique ligado aos horários: eles funcionam apenas aos finais de semana com horários marcados (10h, 12h, 15h e 17h). Os pequenos acima de 5 anos já são liberados para entrar e curtem bastante. Não esqueça de levar os documentos de identificação deles, ok? Ah, sempre chegue 1h antes para garantir os lugares. E o melhor: todos entram grátis.

+ 10 motivos para levar sua filha no Museu do Futebol

Interior do Planetário na Zona Leste (Foto: Mariana Rosário/Veja São Paulo)

Interior do Planetário na Zona Leste (Foto: Mariana Rosário/Veja São Paulo)

Qual a rota, comandante?

No Ibirapuera, um narrador com um vozeirão acompanhado de uma bonita música passa os 40 minutos da programação falando sobre as estrelas e as mais importantes constelações. Entra no roteiro também um pouquinho de cada planeta do nosso sistema solar.

No Carmo, a história é outra. Lá, conhecemos Joãozinho, um menino que acidentalmente entra em um foguete com seu cachorro de estimação. Sem ter como sair desta enrascada, o astronauta responsável resolve dar a ele uma bela aula de astronomia. Bem infantil, é legal para os pequenos, mas meio cansativo para os adultos. Em compensação, as constelações são mais fáceis de ver.

+ Já visitou o Mar de Bolinhas?

Os planetários tem outras programações, que vão se alternando com o tempo.

Continua após a publicidade

O salão

No Carmo, o salão em formato de meia lua parece privilegiar mais quem se senta no fundo e no centro da sala, já que a historinha se passa em um ponto específico da tela. Apesar de bem bonito, o lugar tinha uma leve poeira no ar, que pode incomodar quem tem alergias respiratórias. Mas não é tão perceptível assim.

No Ibirapuera, o salão em formato de círculo beneficia todos os presentes. As cadeiras são muito confortáveis e os banheiros, bem sinalizados. Tem cara de novidade mesmo.

Espaço estava fechado desde 2013 e reformas custaram 1,4 milhão de reais (Foto: Ricardo D’angelo)

Espaço estava fechado desde 2013 e reformas custaram 1,4 milhão de reais (Foto: Ricardo D’Angelo)

Continua após a publicidade

Saldo de gols

Os dois valem o passeio, uma vez que o ingresso é grátis. Mas se você for acompanhado de crianças mais crescidinhas, ou dos amigos mesmo, e estiver a fim de conforto, apostar no Planetário do Ibirapuera. Se você quer dar uma primeira boa lição sobre o universo para os pequenos, aposte no Carmo.

*Colaborou Mariana Rosário

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.