Imagem Blog

Corrida

Por Marcos Paulo Reis
Dicas sobre corridas para praticantes do esporte, por Marcos Paulo Reis.
Continua após publicidade

Você não é um super-herói

Subir um degrau, dar um passo adiante, ir um pouco além… Determinação e superação são palavras de ordem hoje no mundo da corrida. A sensação de ter avançado e saído da zona de conforto é muito boa, mostra que a gente sempre é capaz de evoluir. Só que tem que tomar cuidado para não confundir […]

Por VEJA SP
Atualizado em 27 fev 2017, 00h57 - Publicado em 8 jul 2013, 14h04

FOTO: LatinStock

Subir um degrau, dar um passo adiante, ir um pouco além… Determinação e superação são palavras de ordem hoje no mundo da corrida. A sensação de ter avançado e saído da zona de conforto é muito boa, mostra que a gente sempre é capaz de evoluir. Só que tem que tomar cuidado para não confundir superação com heroísmo – porque tem muita gente que abusa da condição física e acha que está fazendo um grande feito, dando exemplo de força de vontade.

Pergunto: um grande feito para quem? Correr uma prova atrás da outra, buscar um tempo absurdo ou insistir em um treino naquele dia que você se sente mal é bom para quem? Para ganhar moral nas redes sociais? Será que esse pessoal que aplaude e curte esse tipo de performance também vai ajudar o “herói” quando ele se machucar ou acontecer coisa pior?

Algumas coisas precisam ser muito bem pensadas na prática do esporte. Eu entendo que o corpo se modifica, ganha tônus, saúde, bem-estar; entendo que você ganha autoestima e segurança; entendo que o exercício dá um barato diferente à vida. Mas tem que ter um planejamento para evoluir sem riscos. Você tem que estar apto a treinar e sentir-se bem, para avançar um passo de cada vez.

Se em um treino ou em uma prova algo não vai bem – você sente uma dor de cabeça, uma fraqueza, um enjoo sem motivo aparente – vale parar e ver o que está acontecendo. Você vai se sentir menos capaz, menos determinado se interromper a atividade? Cuidado para não interpretar erroneamente a ideia do “no pain, no gain” (sem dor, sem ganho). Respeite seu corpo, perceba os sinais que ele dá. Evolua sim, mas sem heroísmo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.