Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Ícone beleza Beleza de Blog Novidades sobre o mundo da beleza

Chapinha ou modelador? Testamos o método caseiro de fazer cachos!

Vira e mexe aparecem na internet aqueles vídeos milagrosos que ensinam como podemos conquistar o cabelo dos sonhos em casa. Desde que foram lançados os modeladores de cachos automáticos – que são bem caros – muitas mulheres sonham em ter ondas tão bem definidas como as conquistadas com o aparelho. E quem não quer desembolsar até […]

Por Tatiana Izquierdo Atualizado em 26 fev 2017, 16h53 - Publicado em 28 abr 2015, 19h14

Sequence 01.Still001

Vira e mexe aparecem na internet aqueles vídeos milagrosos que ensinam como podemos conquistar o cabelo dos sonhos em casa. Desde que foram lançados os modeladores de cachos automáticos – que são bem caros – muitas mulheres sonham em ter ondas tão bem definidas como as conquistadas com o aparelho. E quem não quer desembolsar até 699 reais por um modelo automático? A solução que circula na internet envolve uma simples chapinha e alguns pedaços de papel alumínio para conseguir o mesmo resultado do aparelho.

+ Paloma Bernardi muda o visual para viver nova personagem 
+ Quem vestiu melhor o look preto sexy? Anitta ou Paloma Bernardi? Vote!

A Aretha, minha colega aventureira aqui da redação, veio me perguntar se o suposto ‘babyliss caseiro’ funcionava mesmo. Eu disse que tinha feito uma vez na minha irmã e que o resultado fora satisfatório. Ela me olhou com uma cara de ‘será?’ e então resolvemos testar e comparar os resultados. No cabelo da Aretha, que é bem fininho e liso, não tivemos nenhuma dificuldade em fazer nenhum dos dois processos. Entenda como funciona os dois tipos:

Modelador automático

Sequence 01.Still002

Mecha por mecha, os cabelos entram lisos e saem cacheados!

+ Onde comprar escovas do tipo Miracurl legítimas

O modelo usado no vídeo é o Hair Styler, da Conair, que é vendido no Brasil pela Polishop. Ele custa 699 reais e é realmente fácil de usar: como num passe de mágica, a mecha do cabelo entra lisa e sai com um cacho bem formado e sem frizz, depois de um bip sonoro. E não tem segredo mesmo! Até as pessoas mais desastradas com o babyliss tradicional (quem nunca se queimou, né?) conseguem ter um visual de estrela em poucos minutos.

Continua após a publicidade

Para usar, é preciso que o cabelo esteja seco e desembaraçado. As mechas são separadas de acordo com a espessura e o tipo do seu fio. Para que o cabelo não enrole ou fique preso dentro do aparelho, as mechas devem ter, no máximo, dois dedos de largura. Eu penteava sempre cada mecha antes de enrolar para não correr o risco de um acidente. Para quem tem o cabelo muito comprido, o ideal é que os cachos sejam feito mais para as pontas.

Prancha alisadora e papel alumínio

A função do papel alumínio é manter o cabelo aquecido por mais tempo

A função do papel alumínio é manter o cabelo aquecido por mais tempo

Sem muitos segredos também, a maneira caseira de fazer cachos envolve papel alumínio, mechas de cabelo e o calor da chapinha. Usamos a prancha CP3 Infrared, da Ga.ma Italy, que custa 179 reais. O processo, que consiste em separar e enrolar os fios nos dedos, envolver o rolinho de cabelo com o papel alumínio e esquentar cada trouxinha por cinco segundos, deve ser repetido por duas vezes em todas as trouxinhas. Depois que estiver frio, os papelotes devem ser soltos e os cachos saem prontinhos!

Em vídeo, veja o resultado dos dois procedimentos. Nosso parecer final é de que o ‘babyliss caseiro’ funciona, mas deixa o visual cacheado com ar mais bagunçado. Como os cabelos são prensados com a chapinha, se os rolinhos não forem feitos com bastante cuidado, eles podem sair amassados em vez de cacheados. Com o modelador automático, o cabelo acaba ganhando mais brilho por causa do processo de alisar e depois enrolar. Veja:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=2Obc6jj4O2E?feature=oembed&w=500&h=281%5D

E você, o que achou do resultado? Deixe sua opinião nos comentários!

Sequence 01.Still004

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês